turismocultural

O que você precisa saber antes de conhecer o Egito

O que você precisa saber antes de conhecer o Egito -  (crédito: Uai Turismo)
O que você precisa saber antes de conhecer o Egito - (crédito: Uai Turismo)
Uai Turismo
postado em 03/04/2024 12:08
O que você precisa saber antes de conhecer o Egito (Antes de embarcar para essa terra de faraós e tesouros antigos, é importante se preparar para garantir uma experiência inesquecível. (Foto: Divulgação))

O Egito, com suas pirâmides milenares e o majestoso rio Nilo, é um destino que fascina viajantes de todo o mundo. Antes de embarcar para essa terra de faraós e tesouros antigos, é importante se preparar para garantir uma experiência inesquecível. Carol Caro, diretora da agência Excursy, especializada em destinos exóticos, traz dicas valiosas para quem planeja visitar o Egito.

LEIA TAMBÉM: Egito: muito além das pirâmides

Melhor Época para Visitar

“O período de outubro a abril é ideal para visitar o Egito, pois o clima é mais ameno. Evite o verão, entre junho e agosto, quando as temperaturas podem ser extremamente altas, especialmente no sul do país”, aconselha Carol.

Vestimenta Adequada

“O Egito é um país predominantemente muçulmano, então é aconselhável vestir-se de maneira modesta. Como forma de respeito, é prudente que as mulheres cubram  os ombros e joelhos, e é recomendável levar um lenço para cobrir a cabeça ao entrar em mesquitas”, explica a especialista.

Segurança

Carol tranquiliza os viajantes: “O Egito é, de modo geral, um país seguro para turistas. No entanto, como em qualquer destino, é importante tomar precauções básicas de segurança, como não exibir objetos de valor e estar atento aos arredores.”

Moeda e Pagamentos

“A moeda oficial é a libra egípcia (EGP). Cartões de crédito são amplamente aceitos em hotéis e restaurantes turísticos, mas é útil ter dinheiro em espécie, como notas baixas para compras menores e gorjetas, mas carreguem notas pequenas porque como em diversos países da região, podem voltar trocos de notas mais altas com notas falsas”, orienta Carol.

Língua

“O árabe é a língua oficial, mas o inglês é comumente falado em áreas turísticas. Aprender algumas palavras básicas em árabe pode ser útil e apreciado pelos locais “, sugere a diretora da Excursy.

veja aqui Algumas palavras:  

  • As-sal?mu ?alaykum: “Paz seja convosco” (cumprimento)
  • Mar?ab?: “Olá”
  • Shukran: “Obrigado”
  • Min fadlak: “Por favor” (para homens)
  • Min fadlik  “Por favor” (para mulheres)
  • Afuwan: “De nada”
  • Na?am : “Sim”
  • L? :”Não”
  • ?amm?m “Banheiro”
  • Bikam? “Quanto custa?”
  • Ma?a s-sal?ma “Adeus” (ao sair)
  • ?An? la ?ata?addathu al-?arabiyya “Eu não falo árabe”
  • ?Ayn al-mat?r? : “Onde fica o aeroporto?”
  • Mus??ada :”Ajuda”

LEIA TAMBÉM: Malta pelas telas de cinema

Gorjetas

“As gorjetas, conhecidas como ‘baksheesh’, são uma parte importante da cultura egípcia. É comum dar gorjetas a guias, motoristas, funcionários de hotéis e até em restaurantes. Mas não leve para o lado pessoal e não se intimide, só dê gorjeta para quem realmente prestou um bom serviço “, destaca Carol.

Vistos

“Cidadãos de muitos países, incluindo o Brasil, podem obter o visto de turismo na chegada ao aeroporto do Egito. No entanto, é sempre bom verificar as exigências de visto antes da viagem”, aconselha Carol.

Vacinas

“Para brasileiros é obrigatório a vacina da febre amarela”, orienta a especialista.

Pontos Turísticos Imperdíveis

“Além das famosas pirâmides de Gizé, não deixe de visitar Luxor, com seus impressionantes templos e o Vale dos Reis, e com certeza conhecer o Mar Vermelho, onde deserto e praia se encontram”, recomenda Carol.

Respeito à Cultura

“O Egito tem uma rica história e cultura. Respeitar as tradições locais e os sítios históricos é essencial para uma experiência positiva”, finaliza a diretora da Excursy.

Descubra o Egito Além do Básico: Dicas Avançadas por Carol Caro da Excursy

Explore o Egito Antigo Alternativo

“Além de Gizé, visite as pirâmides menos conhecidas, como as de Dahshur e Saqqara. Esses locais oferecem uma visão mais tranquila e íntima da engenharia e arquitetura do Egito Antigo”, sugere Carol.

LEIA TAMBÉM: O turismo precisa funcionar em cadeia

Aprofunde-se na História Copta

“Visite o bairro copta no Cairo para explorar igrejas antigas, o Museu Copta e a Sinagoga Ben Ezra. Essa área proporciona uma visão da rica tapeçaria religiosa e histórica do Egito”, aconselha Carol.

Navegue em um Felucca Tradicional

“Faça um passeio em um felucca, um barco à vela tradicional, no Nilo. É uma maneira tranquila e encantadora de apreciar a paisagem e a vida ao longo do rio”, sugere Carol.

Conheça a Cultura Núbia:

“Visite aldeias núbias em Aswan para experimentar a cultura, a arte e a hospitalidade desse povo colorido e vibrante. A aldeia de Gharb Soheil é especialmente recomendada”, aconselha Carol. 

Aventura no Monte Sinai

“O Monte Sinai não é apenas um local de significado religioso, mas também uma aventura para os amantes da natureza. Faça a caminhada noturna para chegar ao topo a tempo de assistir a um nascer do sol espetacular”, sugere Carol..

Mergulho e Relaxamento em Sharm El Sheikh

“Esta cidade resort é famosa por suas águas cristalinas e vida marinha vibrante. Além do mergulho, aproveite os spas e a vida noturna animada”, recomenda Carol.

Descubra Hurghada

“Hurghada é outro paraíso para mergulhadores, com recifes de corais impressionantes. Não deixe de fazer um passeio de barco para as ilhas próximas, como a Ilha Giftun”, aconselha Carol.

Vibrações Boho em Dahab

“Dahab é conhecida por sua atmosfera relaxada e praias deslumbrantes. Experimente o windsurf ou faça uma excursão ao Canyon Azul para uma experiência inesquecível”, destaca Carol.

Tranquilidade em Taba

“Taba é o lugar perfeito para quem busca tranquilidade. Aproveite as praias tranquilas e explore a Reserva Natural de Fjord Bay para snorkeling”, sugere Carol.

LEIA TAMBÉM: Embratur encabeça programa piloto para ampliação da conectividade aérea internacional

Igrejas da Sagrada Família

“O Egito tem uma rica herança cristã. Visite a Igreja de Matareya, onde a Sagrada Família teria se abrigado sob a árvore de Balsam. A Igreja da Virgem em Zaitun é famosa por suas aparições marianas. A Caverna de São Simeon em Nasir, a Igreja de Santa Bárbara, a Igreja de São Sérgio e São Baco, a Igreja Suspensa da Virgem e o Convento de São George são outros locais importantes que valem a pena visitar”, aconselha Carol.

Com as dicas de Carol Caro, a viagem ao Egito será uma jornada de descobertas e experiências autênticas, revelando as camadas ocultas deste país extraordinário.

Siga o @portaluaiturismo no Instagram e no TikTok @uai.turismo     

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br