segurança

Você confia na segurança em aeroportos?

Você confia na segurança em aeroportos? -  (crédito: Uai Turismo)
Você confia na segurança em aeroportos? - (crédito: Uai Turismo)
Uai Turismo
postado em 04/04/2024 06:31
Você confia na segurança em aeroportos? (Foto: wavebreakemedia_micro/ Freepik)

Recentemente, especificamente em novembro de 2023, um influenciador mineiro apresentou um vídeo, no qual realizava a incrível proeza de acessar livremente as dependências do aeroporto de Confins.

Essa ação teria ocorrido, supostamente, sem quaisquer verificações e impedimento por barreiras ou obstáculos que inviabilizassem o acesso às áreas restritas do aeroporto.

As cenas davam a entender que existiriam falhas gritantes na segurança, nos obstáculos físicos de separação de ambientes, bem como a possibilidade de uma pessoa embarcar numa aeronave sem ser admoestada, identificada e, mesmo, sem arcar com os custos de sua tarifa.

Nessa criação “cinematográfica” o influencer narrou a realização de uma viagem partindo de Minas Gerais, com destino a outro estado, sem que houvesse os procedimentos convencionais de checagem de um voo comercial. A narrativa apresentava supostas passagens secretas e fora do alcance do complexo sistema de monitoramento daquele ambiente.

Apurados os fatos, contatou-se que as imagens foram manipuladas, criando uma falsa narrativa a respeito daquela situação inverídica. Segundo o autor das imagens, tudo aquilo seria para a promoção dos vídeos na internet, ou seja, uma estória e não uma história.

O certo é que fatos como esse, por mais fantasiosos que sejam, podem menosprezar a credibilidade dos sistemas de segurança implementados nos aeroportos em todo o país.

Segurança em aeroportos, saiba como é realizada

A segurança, no entendimento da ausência de riscos, é utópica. No entanto, é um ponto fundamental em todos os ambientes. Quando trazemos o assunto da segurança em aeroportos à pauta, a tensão e as possibilidades de intercorrências são potencializadas, pois a atividade aérea é cercada de inúmeras intempéries.

LEIA TAMBÉM: O impacto do terrorismo no turismo

É uma atividade econômica que realiza um papel fundamental na economia, no que se refere a geração de recursos. Ainda, é responsável pelo transporte de uma quantidade imensa de passageiros, bem como a geração de empregos, diretos e indiretos.

Além dos perigos naturais da atividade aérea, a grande rotatividade de passageiros, usuários de todas as naturezas e localidades, traz à atividade um complexo grau de risco e possibilidades. A tensão aumenta haja vista todas as riquezas sociais, humanas e patrimoniais em questão.

Inúmeras são as questões tratadas nos procedimentos de segurança em um aeroporto. As centrais estão focadas nos protocolos operacionais de voo e procedimentos, no controle de acessos, na identificação dos passageiros, transporte de bagagens e o tratamento de possíveis ameaças.

A tecnologia é uma ferramenta fundamental para a segurança, os controles de acessos, a utilização de inteligência artificial, a utilização dos circuitos fechados de TV (CFTV), os serviços das forças de segurança pública, aliados aos trabalhos da vigilância patrimonial, são partes sistêmicas para o sucesso das operações.

Equipes devidamente treinadas e conectadas são um esteio para o desenvolvimento das ações de mitigação e prevenção de riscos. De mesma maneira, os processos internos, devidamente desenvolvidos e certificados, são indicadores de ações efetivas e eficazes para o sucesso da segurança.

Nossas dicas de hoje estarão voltadas para a questão do passageiro

No início de fevereiro, um famoso ator de televisão foi abordado no aeroporto, criando-se uma tensão a respeito do fato. Inúmeras especulações foram trazidas à tona, verdadeiras teorias conspiratórias e separatistas.

Na verdade, o que ocorre nos aeroportos são procedimentos obrigatórios de embarque. Todos estes seguem normas internacionais de segurança. As inspeções e verificações dos passageiros e seus pertences poderão ocorrer de forma aleatória ou direcionados por questões técnicas de segurança e controle.

Para acesso aos portões internos, todos os passageiros deverão passar pelo detector de metais (exceção garantida àqueles que estejam amparados por questões médicas ou legais). Nesse prisma, o passageiro que não puder ser submetido ao procedimento do detector deverá sofrer busca pessoal.

Resta salientar que a busca pessoal poderá ocorrer mesmo após a passagem pelo detector de metais. As revistas poderão ser realizadas no local de abordagem ou em local reservado, devendo ser procedidas por policiais ou agentes da aviação civil. Também, via de regra os pertences pessoais serão submetidos ao exame de raio-X.

LEIA TAMBÉM: Nas Olimpíadas de 2024 faça turismo com segurança

O viajante deve estar atento aos itens levados em sua bagagem. No que se refere às bagagens de mão, serão inspecionadas pelo raio-X. É de grande importância que, no momento da montagem da bagagem, sejam conhecidos os itens que não podem ser levados no interior da aeronave.

Como praxe, laptops, notebooks e computadores portáteis devem ser retirados da bagagem de mão para a passagem pelo equipamento de raio-X. Qualquer bagagem de mão poderá ser revistada na presença do passageiro.

Essas são questões rotineiras, que somadas aos procedimentos operacionais de segurança dos aeroportos, contribuem para o bem-estar da coletividade.

Como dica derradeira, desse nosso encontro, em suas viagens busque sempre por ambientes que possam disponibilizar um sentimento de segurança, uma entrega de benefícios, através de constatações físicas e presenciais de suas estruturas.

Sua segurança, sempre em primeiro lugar. Não caia em furadas e divirta-se em suas viagens.

No mais busque atividades que transmitam um sentimento de segurança, mesmo nas aventuras mais radicais. Caso queira compartilhar suas experiências, de forma que a coluna possa contribuir para a segurança dos demais turistas, envie sua sugestão no nosso Instagram @portaluaiturismo.

Siga o Uai Turismo no Instagram e no TikTok @uai.turismo.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br