Publicidade

Estado de Minas

Carnapati traz diversidade cultural para a criançada neste sábado

Os pequenos curtiram desde animações teatrais, marchinhas de carnaval infantis até rock dos anos 80, com Philippe Seabra, da Plebe Rude


postado em 10/02/2018 18:04 / atualizado em 10/02/2018 23:49

Seabra trouxe o filho para curtir a folia neste sábado(foto: Bárbara Cabral/Esp C.B/D.A Press)
Seabra trouxe o filho para curtir a folia neste sábado (foto: Bárbara Cabral/Esp C.B/D.A Press)
 
Sucesso dos anos 1980 fez a festa para a nova geração, neste sábado de carnaval. Com repertório do rock brasileiro, Philippe Seabra, da Plebe Rude, animou a criançada, que chegou a subir no palco com o artista durante o Carnapati.
 
Seabra e o grupo Som começaram a tocar por voltas das 17h, animando tanto os pais quanto as crianças. A servidora pública Silvia Marçal, 37 anos, foi de Águas Clara com o marido e a filha de 3 anos. "Eu vim só por causa do show dele. Queria muito mostrar para ela um carnaval diferente", contou. 

A apresentação, mais leve e intimista, foi feita com os músicos sentados no palco. O repertório contou com famosas músicas que trazem as temáticas da realidade brasileira em suas letras. Entre elas, AlagadosQue pais é esteProteção e Até quando esperar.
 
"A gente fez um apanhado do rock de Brasília. A ideia é mostrar a importância disso. Todas as cidades seguem suas tradições, então vamos mostrar a nossa. Brasília não é a capital do rock?", comentou o vocalista. Ele volta a animar o carnaval de Brasília neste domingo (11/2), no bloco Eduardo e Mônica
 
 
 
A festa da criançada começou cedo. Às 10h, o bloco abriu o feriado para os pequenos no estacionamento 4 do Parque da Cidade. A folia contou com brinquedos infláveis, pista de minikart e cama elástica. Além disso, um grande palco com temática circense deixava tudo colorido.
 
As palhaçadas do espetáculo circense e teatral de Marinqinha e Maricota arrancaram muitas risadas. O grupo As Batuqueiras também garantiu o agito para toda a família, tocando marchinhas de carnaval e o ritmo maracatu. 
 
Os personagens mais escolhidos para virar fantasia foram o Super Homem e a Mulher Maravilha. Outros super-heróis, como o Homem Aranha, além de bailarinas e fadas, também caíram no gosto das crianças.
 
Ver galeria . 10 Fotos Wallace Martins/Esp. CB/DA Press
(foto: Wallace Martins/Esp. CB/DA Press )
 
 

O bloco


O Carnapati surgiu em 2009, idealizado pelo teatro Mapati, que realizava bailinhos de carnaval desde 1996, na sede do grupo. O objetivo é levar para as ruas um carnaval mais lúdico e teatralizado, misturando as tradicionais marchinhas e ritmos festivos com brincadeiras tradicionais e muita cultura brasileira. A ideia é mostrar que a folia da criançada pode, e deve, ser cheia de cultura, alegria, diversidade e muita animação.
 

Mais atrações para crianças

 
Outro bloco que chamou a atenção dos brasilienses por trazer diversão aos pequenos foi o Vai quem fica, na 410 Norte. Com a maioria do público formado por famílias, a festa animou os presentes, com músicas típicas da comemoração e clima bem tranquilo e descontraído. 
 
Bloco Vai quem fica faz a diversão de famílias neste sábado(foto: Adriana Bernardes/CB/D.A. Press)
Bloco Vai quem fica faz a diversão de famílias neste sábado (foto: Adriana Bernardes/CB/D.A. Press)
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade