Publicidade

Correio Braziliense

O básico do dia: veja o que foi notícia nesta segunda-feira

De tempo seco a declarações de Jair Bolsonaro, confira o que foi notícia


postado em 15/07/2019 21:34 / atualizado em 15/07/2019 22:02

Do tempo seco no DF a declarações de Jair Bolsonaro, confira o que foi notícia nesta segunda-feira (15/7). O Correio separou uma lista para você terminar o dia bem informado.

Política

Na área política, o dia começou com o presidente Jair Bolsonaro defendendo a indicação do filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos. Se há críticas, disse o presidente, "é sinal de que é a pessoa certa".

Já os vizinhos do ministro Sérgio Moro, no Sudoeste, reclamam da vigilância constante da Polícia Militar na quadra. Moro voltou a ser notícia no fim do dia, depois que novas conversas atribuídas a ele e ao procurador Deltan Dallagnol indicam que eles se reuniram com a Polícia Federal para discutir fases da Operação Lava-Jato. Os diálogos voltam a colocar sob suspeita a imparcialidade de Moro. 

E por falar em Dallagnol, um deputado do PT protocolou um pedido para que se retenha o passaporte do procurador, após este ter recusado convite de ir à Câmara dos Deputados falar sobre as conversas vazadas.  

Seca 

O tempo seco chegou para ficar no Distrito Federal. Nesta segunda-feira, a capital federal entrou em estado de alerta devido à baixa umidade. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 20% de umidade relativa do ar. A tendência é que a secura dure até o fim de agosto. 

 

Uma das consequências deste período é o número de incêndios. O DF registrou quase 1,6 mil ocorrências em áreas de preservação apenas na primeira semana de julho. Nesta segunda-feira, o Corpo de Bombeiros teve que atuar em três ocorrências de incêndio florestal de forma simultânea: Paranoá, Samambaia e Taquari. 

Padre Marcelo Rossi

Após ter sido empurrado por uma mulher de um palco, durante um evento da Canção Nova, no último domingo (14/7), o padre Marcelo Rossi afirmou que está bem. Nesta segunda-feira, a agressora, de 32 anos, prestou depoimento à polícia e disse que sofre de transtorno bipolar (veja aqui quem é a mulher que empurrou o sacerdote). E um fiel relatou o momento de susto durante a missa.

Economia

 

Na áreas econômica, os destaques são o interesse de atuar no Brasil demonstrado por novas companhias aéreas de baixo custo. Segundo o governo federal, "três ou quatro" podem entrar em breve no meercado nacional.

Para os consumidores, uma notícia muito esperada. Começou a valer a proibição de empresas de telefonia realizarem ligações de telemarketing. Saiba como impedir essas ligações aqui. Ainda na área da telefonia, países do Mercosul devem, em breve, anunciar o fim do roaming.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade