Publicidade

Correio Braziliense

Terremoto é sentido em Brasília e prédios no centro da cidade são evacuados

Tremor é reflexo de terremoto de magnitude 6,7 registrado na Bolívia. Não há informações sobre feridos em Brasília


postado em 02/04/2018 11:15 / atualizado em 02/04/2018 13:12

Ver galeria . 15 Fotos Setor Comercial Sul, em BrasíliaMinervino Junior/CB/D.A Press
Setor Comercial Sul, em Brasília (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press )
Moradores de Brasília sentiram um tremor de terra na manhã desta segunda-feira (2/4), por volta das 10h40. Prédios foram evacuados em diferentes áreas da capital, como o Setor Bancário Sul, o Setor Comercial Sul e o Setor de Indústrias Gráficas.  Não há informação sobre feridos na capital. O tremor foi reflexo de um terremoto na Bolívia e foi sentido também em outras regiões administrativas do DF e em estados como Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.
 
A jornalista Carolina Moura, que trabalha em uma empresa de clipping na Quadra 2 do Setor Bancário Sul, conta que teve uma sensação de "tontura" no momento do tremor. "Achei que estava tonta e fiquei me segurando. Avisei a uma colega que estava passando mal e ela respondeu que estava se sentindo mal também." Ela afirma que o tremor durou apenas alguns segundos, o suficiente para deixar as cerca de 10 pessoas que trabalham no local assustadas. No entanto, ninguém precisou deixar o prédio. 
 
Em outros locais, porém, as pessoas foram ordenadas a deixar os prédios. A medida foi adotada em edifícios comerciais, como o Parque Brasília, no Setor de Indústrias Gráficas, e órgãos públicos, como o ICMBio e a Infraero, onde a saída dos servidores foi registrada em vídeo (veja abaixo). Alguns órgãos dispensaram os funcionários, que só devem voltar ao trabalho na terça-feira.
 
 
 
A servidora do Ministério da Justiça Érika Chantal, que trabalha no Setor de Autarquias Sul (SAS), disse que no momento do tremor o prédio não estava muito cheio e que as pessoas decidiram, por conta própria, deixar o imóvel. "Na hora, senti algo no estômago, uma tontura. Todos sentimos e, com medo, descemos na hora, sem nenhuma orientação mesmo", disse. Veja outros relatos de pessoas que se assustaram com o abalo no DF.
 
A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) também confirmou que foi acionada e precisou deslocar equipes para alguns locais. Já a Defesa Civil do Distrito Federal informou que recebeu inúmeras chamadas relativas aos tremores e enviou equipes para auxiliar o Corpo de Bombeiros nas ações de evacuação. A principal região afetada, segundo a pasta, foi o Setor Comercial Sul, que registrou o maior número de ocorrências e onde muitos prédios foram evacuados também (veja vídeo abaixo).
 
 
 
"A Defesa Civil está em vários prédios orientando as pessoas para que se tranquilizem. No caso de fissuras em pilares ou vigas, que chamem a Defesa Civil", orientou, em entrevista à GloboNews, o subsecretário Sérgio Bezerra, ressaltando que a tendência, agora, é que tudo volte à normalidade, após esse "primeiro susto" 
 
Observatório Sismológico da Universidade de Brasília confirma tremores(foto: Reprodução/Facebook)
Observatório Sismológico da Universidade de Brasília confirma tremores (foto: Reprodução/Facebook)
 
 

Reflexo de terremoto na Bolívia 

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
O tremor sentido em Brasília é um reflexo de um terremoto de magnitude 6,7 na escala Richter que atingiu a Bolívia, segundo o observatório sismológico da Universidade de Brasília (UnB). No país vizinho, houve alerta de tsunami. "Tremor na Bolívia 6.7 magnitude, foi sentido em Brasília e também provavelmente em São Paulo. Profundidade de 548", informou o observatório em sua página oficial no Facebook.

Nas redes sociais, moradores de cidades como São Paulo e Maringá (PR) também relataram ter sentido a terra mexer devido ao terremoto na Bolívia.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* Estagiário sob supervisão de Humberto Rezende. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade