Publicidade

Correio Braziliense

Suspeito de latrocínio de idoso é liberado após prestar depoimento

Como havia passado o período de flagrante e não havia mandado de prisão expedido contra o acusado, a polícia o liberou


postado em 06/12/2018 18:54 / atualizado em 06/12/2018 19:22

(foto: Amaro Junior/CB/D.A Press)
(foto: Amaro Junior/CB/D.A Press)
Um jovem de 18 anos suspeito de assaltar e matar Altair Pereira da Silva, 80, foi liberado após prestar depoimento. A Polícia Militar deteve o acusado na noite de quarta-feira (5/12) e o levou para a a 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) — ele teria confessado o latrocínio no trajeto até a unidade policial. Mas, como havia passado o flagrante do crime, praticado em Sobradinho 2, e não havia mandado em aberto contra o jovem, os agentes o liberaram. 

 

Uma denúncia contra o suspeito foi recebida pela PM, que se deslocou até a residência dele, também em Sobradinho 2. Ao chegarem ao local, no entanto, os militares foram informados de que o jovem não estava mais no local. 

 

Os militares, então, avistaram o homem em cima do muro da casa, pulando para um terreno baldio. Ele tentou se esconder em uma área de mato alto, mas foi encontrado. Ao ser conduzido à 13ªDP pela PM, o jovem confessou o roubo e as agressões realizadas por ele e os comparsas. 

 

O suspeito foi ouvido pelo delegado plantonista e, embora seja considerado um potencial autor do crime, precisou ser liberado. O delegado não confirmou se o acusado confessou o crime. Por nota, a Divisão de Comunicação da Polícia Civil informou que, "como não havia mandado de prisão em desfavor, nem tampouco se encontrava em situação flagrancial, o delegado plantonista seguiu a lei: ouviu o suspeito, consignou tudo e o liberou em seguida".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade