Publicidade

Correio Braziliense

Homem é preso em flagrante após agredir a mulher no Gama

O caso aconteceu no início da manhã deste domingo, na Quadra 19 da região administrativa. A vítima foi levada para o HRG com ferimentos no rosto


postado em 13/01/2019 11:00 / atualizado em 13/01/2019 11:30

(foto: Lucas Pacífico/CB/D.A Press)
(foto: Lucas Pacífico/CB/D.A Press)
Um homem de 22 anos, identificado como I.R.B, acabou preso em flagrante após agredir a companheira, de 21. O caso aconteceu no início da manhã deste domingo (13/1), na Quadra 19 do Gama. O jovem foi encaminhado para a 20ª Delegaica de Polícia (Área central) e vítima, para o Hospital Regional do Gama (HRG). 

 

Uma equipe da Polícia Militar se deslocou até o apartamento do casal por volta das 5h40, mas a vítima não deu detalhes das agressões. Uma viatura do Corpo de Bombeiros também foi até o local, onde fez os primeiros atendimentos a mulher, que estava com lesões no rosto.

 

O suspeito foi autuado por lesão corporal no âmbito da Lei Maria da Penha. A Polícia Civil estipulou fiança para o jovem. Contudo, como não houve o pagamento, ele foi recolhido ao cárcere da corporação.  

Aumento da violência

De janeiro a novembro de 2018, dados da Secretaria de Segurança pública indicam que os casos de feminicídio cresceram 50% em relação a 2017. Durante o mesmo período, os 20 juizados de violência doméstica e familiar do DF receberam 10.933 mil pedidos de medidas protetivas.

 

Em 5 de janeiro deste ano, a dona de casa Vanilma Martins, 30, tornou-se a primeira vítima de feminicídio no DF. O caso aconteceu por volta das 4h30, no Setor Oeste. No dia do crime, o suspeito Thiago de Souza Joaquim, 33, fugiu depois de deixar a vítima no HRG. Contudo, o ajudante de pedreiro acabou preso dois dias depois. Ele planejava ir embora para Minas Gerais.  

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade