Publicidade

Correio Braziliense

PM flagra captação irregular de água em assentamento do movimento sem terra

Abordagem aconteceu em São Sebastião, e um homem foi autuado por crime ambiental


postado em 07/02/2019 20:50 / atualizado em 07/02/2019 20:52

Autuado responderá pelo crime ambiental previsto no Artigo 60 da Lei 9.605/98(foto: Divulgação/PMDF)
Autuado responderá pelo crime ambiental previsto no Artigo 60 da Lei 9.605/98 (foto: Divulgação/PMDF)
 
A Polícia Militar autuou um homem por captação irregular de água em São Sebastião. Segundo a PM, o flagrante aconteceu nesta quinta-feira (7/2), em um assentamento do Movimento Sem Terra, no KM 16 da BR-251. 

No local, foi descoberto um desvio da água da barragem abastecida por duas nascentes de Área de Preservação Permanente (APP). Uma bomba de aproximadamente 1 quilômetro de extensão foi ligada às tubulações para abastecer o Assentamento Carlos Mariguela.

A prática se caracteriza como crime ambiental. O homem que se responsabilizou pela instalação da bomba assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência elaborado pela PM e responderá na Justiça. 
 

Furto em classe média

Em 2018, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) também flagrou pontos de captação irregular de água em Arniqueiras, em um condomínio de moradores da classe média. Na ocasião, foi descoberto que ao menos 50 casas eram abastecidas por um sistema que furtava água da empresa. Segundo um levantamento da Caesb, só em 2017 o Governo perdeu R$ 43 milhões com as ligações clandestinas.


 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade