Publicidade

Correio Braziliense

Polícia identifica homem suspeito de matar jovem em bar de Sobradinho

Wesley Soares Medeiros, 20 anos, está em prisão domiciliar e é considerado foragido


postado em 16/04/2019 19:10 / atualizado em 18/04/2019 11:34

Polícia pede que, quem tiver informações sobre o suspeito, denuncie por meio do 197(foto: Divulgação/ PCDF)
Polícia pede que, quem tiver informações sobre o suspeito, denuncie por meio do 197 (foto: Divulgação/ PCDF)
A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) identificou o homem suspeito de matar Viviani Alexandre dos Santos, 21 anos, em um bar de Sobradinho, no útimo fim de semana. Após denúncias anônimas, investigadores da 13ª Delegacia de Polícia chegaram ao nome de Wesley Soares Medeiros, 20. O rapaz está em prisão domiciliar e desde a morte de Viviani, na sexta-feira (12/4), é considerado foragido. 

O crime aconteceu perto do Setor Habitacional Nova Colina, em Sobradinho. Viviani levou um tiro na lateral direita do tórax. Eram 22h um atirador entrou no bar em que estaria Viviani e abriu fogo. Ela morreu na hora. Dois homens ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Regional de Sobradinho (HRS).

Wesley é morador da região do Itapoã e está foragido. Segundo os investigadores, o acusado teria mirado nos os dois homens que sobreviveram. Ou seja, Viviani teria sido morta por engano, como havia sido destacado pela polícia ao Correio ainda no domingo (14/4). 

O suspeito está em prisão domiciliar. Ele já tem passagens por porte de drogas, roubo a residência, coletivo e em comércio, além de porte ilegal de arma de fogo. A PCDF pede que quem tiver informações sobre o paradeiro do suspeito, que denuncia, por do 197. Não é preciso se identificar ao fazer a denúncia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade