Publicidade

Correio Braziliense

Quadrilha especializada em desmanche de veículos é desarticulada

Agentes da 23ª DP prenderam quatro integrantes do grupo, que atua no DF há cerca de um ano. Ação faz parte da Operação P27


postado em 24/04/2019 18:38 / atualizado em 24/04/2019 18:38

Quarteto foi preso acusado de integrar quadrilha especializada em desmanche de veículos(foto: PCDF/Divulgação)
Quarteto foi preso acusado de integrar quadrilha especializada em desmanche de veículos (foto: PCDF/Divulgação)
A 23ª Delegacia de Polícia (Setor P Sul) cumpriu quatro mandados de prisões temporárias na manhã desta quarta-feira (24/4). As ações aconteceram no Sol Nascente, na QNP e na QNR, em Ceilândia. Os homens são suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em desmanches de carros e venda das peças para receptadores. Eles responderão por associação criminosa e receptação. Agentes da unidade continuam a investigação sobre o grupo, a fim de identificar os clientes dos acusados. 
 
Segundo o delegado Maurício Iacozzilli, os criminosos agiam roubando ou furtando veículos em todo o Distrito Federal e, depois, levavam para o local de desmanche, na Chácara 128 do Sol Nascente. "Chegamos até o grupo após o roubo de uma motocicleta, em fevereiro. Enviamos os materiais apreendidos no local onde os suspeitos agiam para a perícia e, a partir da análise dos profissionais, conseguimos identificar outros seis envolvidos no esquema criminoso", afirma. 
 
As digitais dos acusados foram coletadas pelo Instituto de Identificação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Com as provas, que indicam que os criminosos agiam há cerca de um ano, a Justiça expediu seis mandados de prisão, busca e apreensão contra os integrantes da quadrilha. Quatro homens foram presos e, dois deles, não foram encontrados pelos agentes da 23ª DP. 
 
Ainda de acordo com o delegado, um dos suspeitos estava com uma "grande quantidade de maconha, configurando-se o crime de tráfico de drogas". "Portanto, ele também foi autuado em flagrante por este delito."
 
Além dos detidos, os policiais apreenderam uma motocicleta, um Astra e uma Blazer, que estavam na casa dos autores. "A análise prévia é a de que se trata de veículos clonados. Contudo, encaminhamos tudo para a perícia, que identificará a procedência dos automóveis com precisão. O nosso trabalho continua para identificar os receptadores desta quadrilha e para prender os dois homens que não foram encontrados hoje (24)", finaliza o delegado Maurício Iacozzilli.  

Operação P27 no DF

O cumprimento dos mandados faz parte da Operação P27, deflagrada pela Polícia Civil do DF nesta quarta-feira (24), em consonância com operação nacional coordenado pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC). O intuito das ações é tirar das ruas criminosos perigosos, que colocam em risco a segurança da população. 
 
No DF, cerca de 100 agentes das unidades de polícia realizam as prisões de bandidos. Até o momento, civis da 19ª DP prenderam um homem acusado de estuprar, torturar e de manter uma criança como escrava sexualPoliciais da 1ª DP detiveram um suspeito de estelionato, que conseguiu R$ 75 mil ao ameaçar expor vídeos íntimos da companheira na internet. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade