Publicidade

Correio Braziliense

Saúde atende 760 pessoas nos primeiros dias da força-tarefa contra a dengue

Pacientes com suspeita da doença passaram pelos Centros de Hidratação instalados em seis Unidades Básicas de Saúde do DF


postado em 26/05/2019 21:40 / atualizado em 26/05/2019 21:49

No sábado, 195 pessoas estiveram nas tendas montadas pela Secretaria de Saúde. No domingo, esse número subiu para 565(foto: Jéssica Eufrásio/CB/D.A Press)
No sábado, 195 pessoas estiveram nas tendas montadas pela Secretaria de Saúde. No domingo, esse número subiu para 565 (foto: Jéssica Eufrásio/CB/D.A Press)
Nos dois primeiros dias de atividades nos Centros de Hidratação, inaugurados para atender pacientes com dengue e suspeita da doença, a Secretaria de Saúde atendeu 760 pessoas. A iniciativa faz parte das ações promovidas pelo Executivo em uma força-tarefa para combater o aumento do número de casos da doença.

A Secretaria de Saúde instalou tendas em seis Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para desafogar a rede pública, especialmente hospitais. Cada um desses centros tem capacidade para atender, em média, 100 pacientes por dia. Os serviços oferecidos incluem teste rápido para diagnóstico da virose e hidratação com soro via venosa ou oral.

A ação acontece de domingo a domingo, das 7h às 19h. A pasta destaca que a hidratação é fundamental para a melhora do quadro dos pacientes infectados, bem como para evitar agravamentos do quadro clínico.

Vigilância

 
Durante o período sazonal de manifestação da dengue, a Secretaria de Saúde contou com o apoio de 542 agentes de Vigilância Ambiental, 400 militares do Corpo de Bombeiros e 138 do Exército. Os trabalhos de orientação a moradores e combate contra o mosquito Aedes aegypti ocorrem em todas as regiões administrativas.

Desde o início do ano, 389.264 imóveis foram inspecionados. O UBV, conhecido como fumacê, foi aplicado nas proximidades de 453.250 residências, e houve a instalação de 653 armadilhas em diversos locais. A retirada de focos do mosquito também ocorreu em várias regiões do DF, de modo a eliminar possíveis criadouros do mosquito.

Esclarecimentos 


Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) abriu prazo de 15 dias para a Secretaria de Saúde se manifestar sobre o aumento do número de casos de dengue no DF. Os conselheiros pediram que a pasta apresente esclarecimentos e encaminhe cópia de documentos que respaldem essas informações. A decisão foi tomada com base em representação do deputado Leandro Grass (Rede), que aponta indícios de negligência nas ações de combate a doenças endêmicas, como as transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Sinais


Os principais sintomas da dengue são:
Febre alta (maior que 38,5 ºC)
Dores musculares intensas
Dor ao movimentar os olhos
Mal estar
Falta de apetite
Dor de cabeça
Manchas vermelhas no corpo

São sinais de alarme da dengue os seguintes sintomas:
Dor abdominal intensa e contínua, ou dor à palpação do abdome
Vômitos persistentes
Acumulação de líquidos (ascites, derrame pleural, derrame pericárdico)
Sangramento de mucosa ou outra hemorragia
Aumento progressivo do hematócrito
Queda abrupta das plaquetas

Fonte: Ministério da Saúde

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade