Publicidade

Correio Braziliense

Incêndio florestal: Águas Emendadas teve 75 mil metros quadrados queimados

O fogo consumiu pelo menos 75 mil metros quadrados de vegetação na Estação Ecológica de Águas Emendadas, em Planaltina.


postado em 16/09/2019 10:37 / atualizado em 16/09/2019 16:14

Incêndio florestal na Estação Ecológica de Águas Emendadas (foto: Divulgação/CBMF)
Incêndio florestal na Estação Ecológica de Águas Emendadas (foto: Divulgação/CBMF)
Quanto mais seco fica o tempo, mais incêndios florestais são registrados no Distrito Federal. Na noite de domingo (15/9), parte de uma importante reserva foi tomada pelo fogo. Às 21h30, o Corpo de Bombeiros recebeu o chamado para controlar as chamas na Estação Ecológica de Águas Emendandas, em Planaltina.   

 

O combate ao incêndio demorou mais de 3 horas, segundo a corporação. A estimativa é que 75 mil metros quadrados da estação ecológica foram atingidos pelas chamas. O combate ao fogo se concentrou ao longo da DF-128, com 35 militares. Não foram registrados vítimas humanas ou danos materiais na sede da estação. Os bombeiros ainda não sabem as causas do incêndio. 

Queimadas

Este ano, o corpo de bombeiros registrou 7.578 ocorrências de incêndio em vegetação, 1.704 delas na primeira quinzena deste mês. A área afetada corresponde a mais de 10 mil hectares, segundo o Corpo de Bombeiros. O número de ocorrência já é maior do que todos os registos feitos em 2018, com 6.483 chamados e 7.642 hectares atingidos pelo fogo. 

Risco  

O combate às queimadas é um risco à vida humana, para a flora e a fauna. Na manhã de domingo, a bombeira militar Marizelli Armelinda Dias, 31 anos, trabalhava no combate a um incêndio em uma mata na QNL 02, em Taguatinga, quando Marizelli foi atinginda por uma árvore que caiu, arrastando fios de alta tensão. Ela sofreu parada cardíaca, foi socorrida, mas morreu no Hospital Regional de Ceilândia horas mais tarde. O velório e enterro serão hoje, no Cemitério de Taguatinga. Marizelli deixa dois filhos, de 4 e 5 anos.

 

Para esta segunda-feira (16/9), a previsão do tempo é de temperatura máxima de 33ºC, com umidade relativa do ar variando entre 55% e 20%. Com essas condições climáticas, é preciso evitar atividade física no meio da manhã e da tarde, quando o sol e o calor ficam mais intensos. Além disso, é importante ingerir bastante líquido. 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade