Publicidade

Correio Braziliense

Quatro pessoas são assassinadas em menos de 24 horas no DF

Ao menos três homicídios e um feminicídio aconteceram entre quinta-feira (14/11) e sexta-feira (15/11)


postado em 15/11/2019 15:25

Em Santa Maria, aconteceu um feminicídio. Necivânia Eugênio de Caldas, 37 anos, morta a facadas pelo ex-companheiro, Francisco Dias Borges, 34(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Em Santa Maria, aconteceu um feminicídio. Necivânia Eugênio de Caldas, 37 anos, morta a facadas pelo ex-companheiro, Francisco Dias Borges, 34 (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
O Distrito Federal registrou ao menos três homicídios e um feminicídio em menos de 24 horas. Os casos aconteceram em Santa Maria, Gama, Planaltina e Asa Sul. O mais recente ocorreu no início da manhã desta sexta-feira (15/11), quando o corpo de um homem em situação de rua foi encontrado em uma rede atada em árvores da quadra 503 Sul.

Os bombeiros encontraram a vítima com um ferimento na cabeça. A Polícia Civil assumiu a ocorrência e realizou perícia no local. Junto ao cadáver, haviam alguns objetos pessoais da vítima, que foram recolhidos e encaminhados à Central de Flagrantes da corporação. A arma do crime ou suspeitos pelo assassinato não foram localizados.  

Nessa quinta-feira (14/11), o primeiro assassinato registrado foi o da estudante de técnica de enfermagem Necivânia Eugênio de Caldas, 37 anos, morta a facadas pelo ex-companheiro, Francisco Dias Borges, 34, em Santa Maria. A vítima foi morta na rua, por volta das 13h30, na frente ao filho dela. Pessoas que estavam na rua agrediram e amarraram o autor até a chegada da Polícia Militar.  

Pouco tempo depois, por volta das 14h, ocorreu um homicídio no Gama. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer uma vítima de arma de fogo. De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, a vítima foi atingida por tiros na quadra 6 do Setor Oeste da região administrativa e correu por mais três quadras, até cair no chão sem vida. Segundo os investigadores, ainda não há informações sobre o suspeito ou da motivação do crime.  

Em Planaltina, por volta das 20h, outro homicídio aconteceu. Um homem de 40 anos morreu no Hospital Regional de Planaltina após ser baleado na rua. Policiais militares identificaram a vítima e foram ao local do crime, na Estância IV. Entretanto, tiveram acesso apenas a imagens que mostravam os suspeitos do crime fugindo em uma motocicleta. A 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte) investiga o caso.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade