Publicidade

Correio Braziliense

Coronavírus: 12 agentes penitenciários e um preso estão infectados

Conforme informações obtidas pelo Correio, todos estão em quarentena. O detento está isolado dos demais apenados da Papuda


postado em 09/04/2020 11:10 / atualizado em 09/04/2020 13:47

Um preso e 12 agentes estão contaminados: todos estão isolados(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Um preso e 12 agentes estão contaminados: todos estão isolados (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Após as primeiras confirmações de infecção pelo novo coronavírus dentro do sistema prisional do Distrito Federal, os casos continuam subindo. Conforme apurado pelo Correio, na manhã desta quinta-feira (9/4) 
12 agentes penitenciários e um preso do Complexo Penitenciário da Papuda estão com a doença. 

De acordo com informações obtidas com uma fonte, os agentes estão de quarentena, assim como o detento. Ainda conforme apuração, o apenado está isolado dos demais presos, para evitar a disseminação da Covid-19 dentro do presídio. O homem estava lotado no Centro de Detenção Provisória (CDP) da Papuda. 
 
O primeiro caso que surgiu no presídio foi em 3 de abril. O policial estava isolado antes de receber a contraprova que confirmou a contaminação pelo novo coronavírus. A divulgação sobre a segunda infecção ocorreu um dia depois. Na última segunda-feira (6), cinco agentes penitenciários estavam com a Covid-19.
 
Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Fedeal (SSP-DF) dez policiais penitenciários já confirmaram a infecção pelo novo coronavírus. Destes, oito são lotados no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), um no Centro de Detenção Provisória (CDP) e outro na Penitenciária do Distrito Federal II (PDF II). "Medidas necessárias estão sendo adotadas pela Sesipe para resguardar os agentes e exercer o dever do Estado de garantir o bem-estar dos sentenciados", informou a pasta, por nota. 
 

Primeiro detento contaminado  

A SSP-DF esclareceu que o primeiro preso infectado pela Covid-19 foi isolado na quarta-feira (8), após apresentar sintomas leves da doença. Ele saiu do CDP e foi transferido para o Bloco 6, no Pavilhão Disciplinar 1 da unidade prisional, onde permanece isolado. O resultado confirmando a contaminação saiu horas após o detento realizar o teste. 
 
Ainda segundo a secretaria, como o preso estava em convívio com outros detentos, todos os "internos da cela em que ele fazia parte também estão sendo monitorados e foram isolados dos demais apenados do CDP. Todos os internos da cela estão sendo testados. O banho de sol deles é feito separadamente. A cela está sendo higienizada diversas vezes ao dia, com o uso de Hipoclorito de Sódio, componente da água sanitária."
 
"A Sesipe esclarece que a orientação da Secretaria de Saúde (SES) é testar somente quem apresentar sintomas da Covid-19. Quando algum servidor do sistema prisional está sintomático, a Gerência de Saúde Prisional o encaminha, imediatamente, para a rede pública de saúde para realizar o teste. Na sequência, o servidor é direcionado para o isolamento em casa até o resultado do teste", acrescenta a SSP-DF. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade