Publicidade

Correio Braziliense

Coronavírus: quase 80% da UTI da rede privada está ocupada no DF

No sistema público de saúde, a taxa de ocupação se aproxima dos 50%. Ao todo, o Distrito Federal tem 311 pessoas internadas em UTI


postado em 03/06/2020 14:53 / atualizado em 03/06/2020 14:56

Há apenas 49 vagas para os pacientes da covid-19 na rede privada de saúde(foto: Grupo Santa/ Divulgacao)
Há apenas 49 vagas para os pacientes da covid-19 na rede privada de saúde (foto: Grupo Santa/ Divulgacao)
Com o crescimento diário de diagnósticos do novo coronavírus, o sistema de saúde do Distrito Federal começa a ficar sobrecarregado. Na rede privada, a taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para pessoas da covid-19 se aproxima dos 80%. Enquanto isso, na rede pública, quase 50% das vagas têm pacientes. Levantamento mais recente da Secretaria de Saúde mostra que a capital em 11.398 casos confirmados e 167 vítimas da doença. 
 
Monitoramento da pasta mostra que 158 dos leitos de UTI da rede privada estão ocupados. Ao todo, são 210 leitos disponíveis, ou seja, a ocupação é de 76,67% da capacidade. Entretanto, há apenas 49 vagas para os pacientes da covid-19, já que três delas encontram-se bloqueadas. 
 
Na rede pública de saúde, o sistema encontra-se menos afogado. Ao todo, são 322 leitos de UTI, com 153 pacientes internados. A taxa de ocupação nas unidades públicas está em 47,52%. Ainda restam 153 vagas para pessoas com quadro clínico considerado grave nas unidades. 

Projeção

 
Até a próxima segunda-feira (7/6), a Codeplan estima que o Distrito Federal terá 13.829 casos e 247 mortos pela covid-19. O órgão levou em consideração a quantidade de registros contabilizados até 31 de maio para realizar as projeções. Por isso, a precisão delas fica sujeita à regularidade da aplicação dos testes rápidos e de outros fatores. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade