Cidades

OAB-DF e escritório lamentam morte de advogado encontrado no Lago Paranoá

Corpo do advogado Carlos Eduardo Marano, conhecido como Dudu, foi encontrado na noite desta terça-feira, após quatro dias de buscas

Jaqueline Fonseca, Sarah Peres, Darcianne Diogo
postado em 04/08/2020 20:01
Carlos Eduardo Marano era chamado carinhosamente de DuduA Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB/DF) e a Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados do DF (CAADF) emitiram nota de pesar pelo falecimento do , 41 anos. O escritório onde ele trabalhava também emitiu nota lamentando a morte.

A nota do escritório Tosto e Barros Advogados diz que os sócios e colegas do escritório estão consternados. ;Lamentamos profundamente o falecimento do nosso querido Carlos Eduardo Marano Rocha, carinhosamente conhecido como Dudu."

O corpo de Carlos Eduardo Marano foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) na noite desta terça-feira (4/8). O advogado estava desaparecido , após supostamente cair de uma embarcação no Lago Paranoá. A buscas recomeçaram por volta das 6h30 e duraram cerca de 12 horas. Ao Correio, um amigo do advogado confirmou que o corpo encontrado é de Carlos Eduardo e, segundo o Corpo de Bombeiros, foi possível fazer identificação preliminar pela roupa.

O corpo foi encontrado nas proximidades do Clube Cota Mil. Familiares que acompanhavam o trabalho dos bombeiros se desesperaram no momento em que os militares foram acionados pelos mergulhadores que realizavam as buscas.
As buscas durante o dia contaram com 19 militares do Corpo de Bombeiros e quatro da Marinha. Foram utilizados dois cães farejadores - um dos cachorros atuou nas buscas da tragédia em Brumadinho (MG) -, patrulha de moto aquática, drones e apoio da aeronave.
[FOTO1650053]

Confira as notas na íntegra:

Nota de pesar OAB/DF

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB/DF) e a Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados do DF (CAADF) manifestam pesar pelo falecimento do advogado Carlos Eduardo Marano, de 41 anos. Ele estava desaparecido desde sábado (1;/8), após cair de uma embarcação no Lago Paranoá. Na noite desta terça-feira (4/8), seu corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF). É um momento extremamente difícil, oferecemos condolências e solidariedade aos familiares e amigos.

Nota do Leite, Tosto e Barros Advogados

Lamentamos profundamente o falecimento do nosso querido Carlos Eduardo Marano Rocha, carinhosamente, conhecido como Dudu. Os sócios e colegas do escritório estão consternados com a sua precoce partida. Solidarizamo-nos com a família e seguimos em oração.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação