Publicidade

Estado de Minas

Conta de Azealia Banks no Twitter é suspensa após denúncias de brasileiros

Primeira 'guerra' da web em 2017 foi entre a rapper e a internet brasileira; entenda


postado em 02/01/2017 16:40 / atualizado em 02/01/2017 20:58

(foto: Reprodução/ Facebook )
(foto: Reprodução/ Facebook )

 

Após xingar e fazer comentários ofensivos ao Brasil, a rapper Azealia Banks realmente ganhou o ódio da internet brasileira. A rapper americana é o assunto mais polêmico desde que começou o ano. Ela fez uma postagem em seu perfil do Facebook criticando comentários de brasileiros.


"Quando esses anormais do terceiro mundo vão parar de fazer spam com esse inglês errado falando sobre algo que não sabem? É hilário ser chamada de 'black whore' por brasileiros brancos. Eles deveriam se preocupar com a economia primeiro", publicou.

Leia mais notícias em Diversão e Arte


Em represália, os brasileiros começaram a criticá-la por sua atitude e ela continuou com as ofensas e xingamentos: "Não sabia que tinha internet na favela". Algumas horas depois, porém, ela apagou a postagem.

Os internautas se uniram para denunciar os perfis da cantora nas redes sociais - afinal, sem elas, ela perde boa parte de seu prestígio. Tanta repercussão resultou na suspensão de seu perfil no Twitter.

 

Entenda

 

 

Na ultima sexta-feira (30/12), a rapper norte-americana publicou um vídeo mostrando seu suposto cômodo para "sacrifício de galinhas". A gravação gerou repercussão entre os internautas. Ela foi criticada por brasileiros e rebateu os comentários dizendo que o Brasil é um "país de terceiro mundo", perguntando se "existe internet na favela". Banks apagou algumas das publicações, mas deixou outras no ar, como a que sugere criar uma nova rede social para se comunicar com fãs. 


Diante da polêmica, até o perfl oficial da sandália Azaleia entrou na 'briga' com a #DenunciemAContaDaSandalia, já que Azealia e Azaleia têm pronúncias parecidas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Com Agência Estado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade