Holofote

Mentira! GDF não prorrogou por 20 dias a suspensão das aulas e do comércio

Ao clicar no link da desinformação, aparece a imagem do palhaço Tiririca, seguida pela mensagem: "É mentira, abestado"

Roberta Pinheiro, Guilherme Goulart
postado em 12/03/2020 17:27
Ao clicar no link da desinformação, aparece a imagem do palhaço Tiririca, seguida pela mensagem: Demorou, mas o Tiririca voltou a a atacar. Desta vez, a notícia falsa envolvendo o bordão do artista ; É mentira, abestado! ; chegou à crise provocada pelo coronavírus. A indústria da fake news aproveitou o decreto publicado ontem pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que suspendeu aulas e eventos por cinco dias, para provocar pânico na capital. Veja a mensagem em circulação no WhatsApp:

Ao clicar no link da desinformação, aparece a imagem do palhaço Tiririca, seguida pela mensagem:

O que engana muita gente é a pegadinha que envolve a notícia falsa. Ela explora o layout do G1, portal de notícias da Rede Globo, mas um olhar atento é suficiente para perceber que o link encaminhado contém, na sequência do domínio do G1, outro link, com a palavra "encrypted", ou seja, criptografado. Ao clicar, portanto, aparece a imagem do Tiririca. Além disso, o nome do governador do DF está escrito errado: "Ibanês", confirmando, imediatamente, a desinformação.

É a quarta vez que o Holofote publica verificação semelhante. Em 5 de janeiro deste ano, a imagem do artista aparece com a desinformação de que o presidente Jair Bolsonaro convocou o Exército para atuar no conflito EUA x Irã.

Em 12 de maio de 2019, o Tiririca foi usado para a falsa informação de que servidores do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT) jogaram um bolão e acertaram o concurso da Mega Sena, ganhando R$ 285 milhões.

Em 12 de fevereiro do ano passado, a mensagem que vinha com a fotografia e o bordão do Tiririca alegava que o ex-presidente da República José Sarney havia morrido.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação