Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro: 'Só existem democracia e liberdade quando Força Armada quer'

A fala foi feita em discurso durante evento no Rio de Janeiro. Esta foi a primeira cerimônia oficial do presidente na capital fluminense desde que assumiu a Presidência


postado em 07/03/2019 12:19 / atualizado em 07/03/2019 14:03

Bolsonaro durante cerimônia alusiva ao 211º Aniversário do Corpo de Fuzileiros Navais(foto: Marcos Corrêa/PR)
Bolsonaro durante cerimônia alusiva ao 211º Aniversário do Corpo de Fuzileiros Navais (foto: Marcos Corrêa/PR)
O presidente Jair Bolsonaro disse, na manhã desta quinta-feira (7/3), que "a democracia e a liberdade só existem quando a Força Armada assim o quer". O discurso foi feito durante cerimônia dos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais, no Rio de Janeiro. Este foi o primeiro evento do presidente na cidade desde que assumiu a Presidência, em 1° de janeiro. 
 
Durante a fala, que durou cerca de cinco minutos, Bolsonaro também ressaltou que a missão de governar o Brasil será cumprida ao lado de pessoas "de bem", que "amam a pátria e respeitam a família", e que "amam a democracia". Ele também afirmou que os militares serão incluídos na reforma da Previdência, mas que cada Força — Marinha, Exército e Aeronáutica — terá uma especificidade. 
 
Esta é a primeira aparição pública do presidente após a polêmica envolvendo a publicação de um vídeo no Twitter que mostrava um homem urinando em outro durante o carnaval. Bolsonaro postou o vídeo em tom crítico à folia. A postagem rendeu uma "guerra" virtual no Twitter entre os aliados e críticos. Além das autoridades militares, também participou da cerimônia o prefeito da capital, Marcelo Crivella.  
 
Com informações da Agência Estado 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade