Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro sobre Eduardo: ''Ele é maior de idade e decide o próprio futuro''

Declaração do presidente foi dada quando perguntado se o filho preferia o cargo de embaixador ou líder do PSL


postado em 18/10/2019 21:02

(foto: Sérgio Lima/AFP)
(foto: Sérgio Lima/AFP)
Questionado se preferia ver o filho embaixador ou líder do PSL, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou na noite desta sexta-feira (18/10) na entrada do Palácio do Alvorada que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), é maior de idade e decide o próprio futuro. "Ele é maior de idade e decide o futuro dele". Há cerca de três meses, Bolsonaro manifestou a vontade de indicar Eduardo como embaixador do Brasil em Washington. No entanto, por falta de votos para ser aprovado no Senado, a indicação não chegou a ser formalizada.

Em meio ao racha no PSL, Bolsonaro pai tentou convencer deputados a assinar um requerimento para destituir o deputado Delegado Waldir (GO) da liderança do PSL na Câmara. No lugar, entraria o filho número “03”. Após uma rodada de listas de apoio, Waldir continua no cargo.

Bolsonaro ressaltou que não poderia cancelar a viagem à Ásia por causa da crise no partido. “Você quer que eu cancele a viagem pro Japão, pra China, pros Emirados Árabes e fique aqui?”, afirmou. 

O presidente cumpre agenda internacional, viaja neste sábado (19/10) e retorna no dia 31 de outubro.

Na avaliação da deputada estadual de São Paulo, a jurista Janaina Paschoal (PSL), a candidatura de Eduardo "é um erro" e o mais correto para o presidente fazer é desistir dessa ideia. Em entrevista recente ao Correio, a deputada explicou que Bolsonaro não pode indicar o filho para ser embaixador. “Eu entendo que fere a lei da probidade administrativa. É o princípio da probidade a impessoalidade. E é flagrante que ele (o presidente) está indicando o filho por ser filho”, criticou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade