Politica

Após viajar com Bolsonaro, Wajngarten está com suspeita de coronavírus

Chefe da Secom acompanhou o presidente em viagem aos Estados Unidos, que tem mais de mil casos confirmados da doença. Informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamo

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 11/03/2020 18:18

Chefe da Secom foi submetido a exames nesta quarta-feira (11/3)Chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Fabio Wajngarten está com suspeita de coronavírus. A informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Na última semana, Wajngarten acompanhou o presidente Jair Bolsonaro em uma visita a Miami, nos Estados Unidos, país que tem mais de mil casos confirmados da doença e 28 mortes.

Ainda conforme a jornalista, o chefe da Secom foi submetido a exames clínicos nesta quarta-feira (11/3). Os resultados devem ser entregues na quinta (12/3).

O secretário se pronunciou nas redes sociais, disse estar bem e aproveitou para atacar o médico Drauzio Varella.


Nesta quarta, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia do novo coronavírus. No Brasil, há 52 pacientes com a doença, sendo dois no Distrito Federal. Também nesta quarta, o presidente Jair Bolsonaro ; que viajou com Wajngarten ; minimizou o impacto do coronavírus, dizendo que "outras gripes mataram mais do que essa".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação