Publicidade

Correio Braziliense

Vídeo: Bolsonaro provoca nova aglomeração e aperta mãos de apoiadores no RS

Presidente participou da solenidade de transmissão de cargo do comandante militar do Sul para Valério Stumpf Trindade


postado em 30/04/2020 14:37 / atualizado em 30/04/2020 14:58

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quebrou novamente, nesta quinta-feira (30/4), os protocolos de orientação do Ministério da Saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. Em Porto Alegre (RS), onde participou da solenidade de transmissão de cargo do comandante militar do Sul para Valério Stumpf Trindade, Bolsonaro provocou uma nova aglomeração de apoiadores. A cena foi transmitida pelas redes sociais do presidente. 

Assista:

 
 
Bolsonaro participou de diversas outras aglomerações desde o início da pandemia de coronavírus. Além de passeios por regiões do Distrito Federal e visitas a lojas da capital federal — incluindo um episódio em que apertou a mão de um apoiador após limpar o nariz — o presidente também causou aglomeração e interagiu com uma multidão em uma visita às obras do hospital de campanha de Águas Lindas (GO), dedicado exatamente a atender pacientes com o novo coronavírus, e em um polêmico protesto no Setor Militar Urbano (SMU), em que os participantes pediam o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF) e uma intervenção militar.
 
O isolamento social é uma das principais recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e de especialistas para evitar a propagação do novo coronavírus. Segundo o mais recente balanço do Ministério da Saúde, divulgado na quarta-feira (29/4), o Brasil tem 78.162 casos confirmados de Covid-19 e 5.466 mortes. O país, aliás, já ultrapassou a China no número de mortes. Questionado sobre a marca, o presidente respondeu: "E daí?".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade