Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro cai ao chegar em inauguração de hospital de campanha

Ao descer do helicóptero e caminhar em direção ao hospital, o presidente escorreu e chegou a apoiar as mãos no chão


postado em 05/06/2020 11:42 / atualizado em 05/06/2020 12:01

(foto: Sergio Lima/AFP)
(foto: Sergio Lima/AFP)
O presidente Jair Bolsonaro chegou pouco antes das 9 horas para a inauguração do hospital de campanha de Águas Lindas (GO), primeiro unidade da União para atender pacientes com covid-19. Ao descer do helicóptero e caminhar em direção ao hospital, o presidente escorreu e chegou a apoiar as mãos no chão. 

 

O evento durou menos de uma hora. O presidente falou sobre tacógrafos, multas de trânsito e efeitos econômicos da pandemia. Bolsonaro e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), chegaram e saíram sem máscara. O evento foi fechado para a imprensa.

Ver galeria . 7 Fotos Ed Alves/CB/D.A Press
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press )

 

O hospital possui 200 leitos, mas só 60 estarão abertos nesse momento. Ele começa a funcionar nesta sexta-feira (5/6) às 12 horas. A região é no Entorno do DF e possui 1,5 milhão de habitantes, mas nenhum leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

 

A unidade está sendo entregue com 29 dias de atraso. Ele começou a ser construído em 7 de abril, com a promessa que seria entregue em um mês, sendo 15 para erguer a estrutura e outros 15 para o estado de Goiás (que é quem gere a unidade) equipá-lo.

Como já mostrado pelo Correio, ele seria inaugurado e começaria na última quarta-feira, mas abertura e início de atendimento foi atrasado para ter a participação do presidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade