Publicidade

Correio Braziliense

Ministro do TCU quer divulgação de dados de covid-19 diariamente até as 18h

"Com as novas dificuldades para divulgar dados nacionais de infectados, curados e óbitos da Covid-19, as instituições devem ajudar", disse Bruno Dantas


postado em 05/06/2020 23:36 / atualizado em 06/06/2020 00:19

(foto: Marcos Oliveira/Agencia Senado)
(foto: Marcos Oliveira/Agencia Senado)
O ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), publicou nas redes sociais nesta sexta-feira (5/6), que está cogitando propor ao TCU e aos tribunais estaduais que eles mesmos consolidem dados locais sobre o novo coronavírus para divulgar diariamente, até as 18h.

"Com as novas dificuldades para divulgar dados nacionais de infectados, curados e óbitos da covid-19, as instituições devem ajudar. Cogito propor ao @TCUoficial e aos tribunais de contas estaduais que requisitemos e consolidemos dados estaduais  para divulgação diária até 18h", escreveu.

Esta sexta-feira foi o terceiro dia seguido em que o Ministério da Saúde atrasou a divulgação dos dados sobre o vírus, que só ocorreu após as 22h. Desde o começo de maio, o anúncio era feito por volta das 19h. A medida foi tomada para evitar a exibição dos números nos telejornais da noite.

O Ministério da Saúde nega atraso proposital. "Essas situações podem acontecer, porque esse processo de checagem é muito variável", disse o secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, na quinta-feira (4/6).

Entretanto, ainda nesta sexta, o presidente Bolsonaro defendeu a publicação tardia, ironizando a situação."Acabou a matéria do Jornal Nacional", disse.

"Mas é para pegar o dado mais consolidado e tem que divulgar os mortos no dia. Por exemplo, ontem, praticamente dois terços dos mortos eram de dias anteriores, dos mais variados possíveis. Tem que divulgar o do dia. O resto consolida para trás. Se quiser fazer um programa do Fantástico todinho sobre mortos nas últimas semanas, tudo bem”, apontou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade