Politica

Bolsonaro agradece à cloroquina pela cura da covid-19

Presidente voltou a falar do remédio que não tem evidências de eficácia contra a doença

Thays Martins
postado em 30/07/2020 19:29

Presidente voltou a falar do remédio que não tem evidências de eficácia contra a doençaO presidente Jair Bolsonaro fez nesta quinta-feira (30/7) sua primeiro habitual live após testar negativo para a covid-19. O presidente começou a transmissão agradecendo ter se curado da doença e atríbuindo o resultado à hidrocloroquina. "Agradeço primeiro a Deus. Depois o medicamento. A hidrocloroquina. Eu tomei num dia, no outro já estava bom. Se foi coincidência ou não, não sei", afirmou.

O presidente divulgou que testou negativo para a doença no sábado (25/7), após ter três testes positivos para a infecção. O primeiro resultado positivo do presidente foi em 7 de julho. Desde então, Bolsonaro disse que começou a tomar a cloroquina. Para isso, o presidente estava fazendo dois exames para monitorar o coração por dia.

Comprovação

A hidrocloroquina tem sido estudada para saber se de fato tem efeitos contra a covid-19. Na semana passada, dois novos estudos apontaram que o remédio não tem eficácia contra o coronavírus e que apresenta riscos de efeitos colateráis, como no coronação e no fígado. Um desses estudos é brasiileiro e foi o maior no país conduzido sobre esse assunto.

[VIDEO1]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação