FAKE NEWS

Vídeo que mostra cobra caindo perto de homem em cachoeira é antigo

Vídeo antigo começou a circular em grupos de whatsApp de moradores de Mato Grosso após médica ter sido picada por jararaca em cachoeira de Nobres (MT)

Correio Braziliense
postado em 12/09/2020 23:03
 (crédito: YouTube/Reprodução)
(crédito: YouTube/Reprodução)

Após o incidente em que a médica Dieynne Saugo foi picada por uma jararaca em Mato Grosso, um vídeo que mostra outro suposto ataque de cobra em uma cachoeira do estado começou a circular em grupos de whatsApp. A filmagem, no entanto, é antiga, aparentemente tendo ocorrido em 2013, em Ilhabela (SP), segundo indica postagem no YouTube (veja abaixo).

No vídeo, um banhista se refresca em uma cachoeira, quando uma cobra cai ao seu lado, para o desespero da família que observa toda a cena. A cobra tenta subir pela pedra onde o banhista está recostado, mas é impedida pela força da água. A princípio, o banhista não repara a presença da cobra e só a vê depois de as pessoas que o acompanham gritarem muito. Ele, então, se assusta e foge do bicho.

Segundo o youtuber Biólogo Henrique, que gravou um vídeo analisando as cenas, a cobra é uma caninana (Spilotes pullatus), que diferentemente do que muitos acreditam, não é venenosa nem representa perigo ao ser humano. Assista:

Médica atacada

No último dia 30, em uma cachoeira no município de Nobres (MT), a médica Dieynne Saugo sofreu ataque de uma jararaca, precisando ser internada em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A médica se recupera do envenenamento, mas ainda está internada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação