COVID-19

Sergipe identifica nova variante do coronavírus que só circula no estado

As novas cepas são diferentes das encontradas no Amazonas e no Reino Unido

Correio Braziliense
postado em 29/01/2021 20:48 / atualizado em 29/01/2021 20:49
 (crédito: AFP / Osvaldo Silva)
(crédito: AFP / Osvaldo Silva)

Sete variantes diferentes do coronavírus foram encontradas em amostras de infectados em Sergipe. A informação foi divulgada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) nesta quinta-feira (28/1). De acordo com o laboratório, seis delas também circulam pelo país, porém uma delas só foi identificada, até o momento, no estado.

"Existe uma das linhagens que foi identificada pela FioCruz que é a B.1.1.251, e somente o estado de Sergipe identificou e depositou no GISAID, o Banco Mundial de Sequências Genéticas do Coronavírus. Essa linhagem foi identificada em maior circulação nos Estados Unidos, 70%, e no Reino Unido, em torno de 20%", disse Cliomar Alves, superintendente do Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) em entrevista à TV Globo.

Não se sabe ainda se esse paciente viajou para o exterior ou teve contato com alguém que tenha histórico de viagem. 

As análises foram feitas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em amostras de 67 pacientes do estado. 

O Lacen informou que todas as sete  variantes são diferentes das encontradas no Amazonas, Reino Unido e África do Sul. De acordo com o laboratório, esta também pode ser a explicação para casos de reinfecção. 

O Sergipe tem 135.385 casos confirmados da covid-19 e registrou 2.760 mortes pela doença desde o início da pandemia.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE