Política

Filha acusa possibilidade de ‘acobertamento’ da morte de Olavo de Carvalho

Segundo a filha, morte do escritor de extrema direita seria anunciada próximo ao Dia da Independência para insuflar protestos convocados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro

Amanda Oliveira
postado em 25/08/2021 16:51 / atualizado em 25/08/2021 16:52
 (crédito: Reprodução )
(crédito: Reprodução )

Heloisa de Carvalho, filha do escritor e guru bolsonarista Olavo de Carvalho, utilizou as redes sociais, nesta quarta-feira (25/8), para levantar a possibilidade de que o pai estaria morto. O astrólogo está internado no Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, desde o dia 9 deste mês.

De acordo com os rumores, o possível óbito do astrólogo, de 74 anos, seria anunciado próximo do dia 7 de Setembro, durante o período de preparação das manifestações convocadas pelos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na publicação, Heloisa diz: “Não sei se é verdade mas chegou aos meus ouvidos q o Olavo já faleceu e estão segurando a notícia para mais perto do dia 7/9 para soltar e inflar de bolsolavetes na rua. Já disse não sei se é verdade”.

Após a acusação repercutir, ela publicou o último boletim médico divulgado pelo hospital no dia 14 de agosto. No documento, a assessoria informa que Olavo foi diagnosticado com insuficiência cardíaca e renal aguda e infecção sistêmica. No entanto, seu quadro clínico estaria estável.

Ainda segundo a nota, mais informações sobre o estado de saúde do escritor de extrema direita seriam anunciadas apenas no dia de alta hospitalar.

O Correio entrou em contato com a assessoria de imprensa do hospital, mas até a última atualização desta reportagem não obteve informações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE