Manifestações

Bolsonaro confirma que irá discursar em protestos no dia 7 de Setembro

Segundo mandatário, ele pretende falar a apoiadores em duas manifestações, no Dia da Independência: em Brasília, pela manhã, e em São Paulo, à tarde. Presidente alegou, contudo, que "não serão palavras de ameaça a ninguém" e que manifestação será "fotografia para o mundo"

Ingrid Soares
postado em 20/08/2021 10:25 / atualizado em 20/08/2021 10:28
 (crédito: Isac Nobrega/PR)
(crédito: Isac Nobrega/PR)

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou nesta sexta-feira (20/8) que participará de duas manifestações no Dia da Independência, 7 de Setembro: uma em Brasília, pela manhã, e outra, em São Paulo, à tarde. Segundo o mandatário, ele pretende discursar para apoiadores, mas alegou que “não serão palavras de ameaça a ninguém”. O chefe do Executivo apontou ainda que o comparecimento às ruas por parte dos bolsonaristas será uma “fotografia” para o mundo e emendou que só pode agir "caso a população assim deseje".

“Dia 7, neste horário, vamos hasteá-la (bandeira do Brasil) aqui numa cerimônia militar, às 8h. Às 10h, estamos aqui na Esplanada, pretendo usar a palavra. Não é uma palavra de ameaça a ninguém. Estaremos em São Paulo fazendo a mesma coisa. Podem ter certeza: vamos ter uma fotografia para o mundo do que vocês querem. Eu só posso fazer alguma coisa se vocês assim o desejarem”, disse a apoaidores na saída do Palácio da Alvorada.

Nessa quinta-feira (19), em Cuiabá, ele também comentou sobre o Dia da Independência. "Perguntam onde estarei no dia 7. Estarei, como sempre, onde o povo estiver. Posso adiantar, pretendo estar na Esplanada dos Ministérios. Pretendo, à tarde, estar na (Avenida) Paulista e convido qualquer político a comparecer ao evento. É a nossa segunda Independência. Se é difícil lutar com liberdade, imagine sem liberdade", justificou na data.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE