CONFUSÃO

Vídeo: Funcionários e passageiros brigam após coelho ser impedido de embarcar em voo

Estresse, gritaria e xingamentos protagonizaram uma confusão generalizada no Aeroporto de Guarulhos na noite desta quinta-feira (18/11)

Talita de Souza
postado em 19/11/2021 18:36
Após ter coelho impedido de embarcar em voo, casal de passageiros xingou e foi agredido por funcionários -  (crédito: Twitter/Reprodução)
Após ter coelho impedido de embarcar em voo, casal de passageiros xingou e foi agredido por funcionários - (crédito: Twitter/Reprodução)

Funcionários da companhia aérea KLM e um casal de passageiros protagonizaram uma briga que terminou em agressão física nesta quinta-feira (18/11), no terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O motivo do desentendimento foi a proibição do coelho de um dos clientes embarcar no voo que iria para Amsterdam, na Holanda. Veja o momento:

Apesar de terem uma liminar judicial que determinava o transporte do animal, a tripulação do voo proibiu o embarque, o que estressou o casal, que reagiu com fúria. Em um registro que viralizou nas redes sociais, o homem fala ao telefone e conta uma versão da história, mas é rebatido pela funcionária da companhia, que afirma que ele “foi pra cima” de alguém.

Em seguida, a mulher que está com o homem, diz, aos gritos, “que está com a p*** da passagem e a liminar”. Em seguida, o passageiro começa a chorar no telefone e a funcionária da companhia rebate com deboche: “ah, você vai chorar agora?”.

É nesse momento que a briga começa a ficar mais violenta. O homem corre atrás da mulher e a xinga de “filha da p*ta”, aos gritos, e faz ação de que iria dar um tapa nela. Ela pergunta se ele vai bater nela e quando ele continua a gritar, uma mulher e um homem, de crachá, entram na frente dela e começam a bater no passageiro.

Eles se deslocam pelo local e um terceiro homem tenta separar. É nesse momento que o passageiro se desequilibra e cai, justamente, em cima da bolsa de transporte do coelho, o motivo da briga. Ele não percebe, mas a companheira sim, que imediatamente abre a bolsa para ver como ele está.

O vídeo termina nesta cena, mas o perfil que compartilhou, o Aeroporto Depressão, que é mantido anonimamente por funcionários do local, afirmam que o coelho fugiu da bolsa e os dois tiveram que correr pelo terminal para capturá-lo.

O que dizem as partes

Em nota, a GRU Airport, que é responsável pela segurança no local até o momento de embarque no avião e administra o Aeroporto de Guarulhos, afirma que acionou a Polícia Federal e que “os passageiros e funcionários da companhia aérea foram conduzidos para a delegacia da Polícia Civil, onde a ocorrência foi registrada”.

Já a KLM disse que, em geral, animais roedores “não podem ser transportados na cabine da aeronave por razões de segurança” e que este foi o motivo pelo qual os passageiros não embarcaram.

No entanto, a liminar judicial obrigaria “o transporte excepcional do animal na cabine da aeronave”, mas não foi feito por um "equívoco interno da companhia”, que não comunicou à tripulação do voo sobre o caso com antecedência.

“A KLM lamenta profundamente que a situação tenha escalado para um desentendimento no local de embarque”, frisou a companhia em um trecho da nota. A empresa também informou que “condena qualquer tipo de comportamento violento de passageiros e colaboradores” e que abriu uma investigação para “entender os fatos”.

O casal de passageiros não foi identificado e a companhia, por razões de segurança, não revelou a identidade dos dois.

Vídeo viralizou nas redes sociais e gerou memes: “Eu fico do lado do coelho”

O registro da briga fez com que a palavra “coelho” se tornasse o segundo assunto mais comentado do Twitter no fim da tarde desta sexta-feira. A maioria dos comentários eram de tom irônico e sarcástico, com brincadeiras pela situação. Veja alguns:



 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE