Violência

Mulher flagra marido beijando amiga e sofre série de violências pelo flagra

A mulher levou socos no rosto, chutes na barriga, foi enforcada e teve a mão atingida por marteladas pelo marido após vê-lo beijando uma amiga

Correio Braziliense
postado em 23/11/2021 15:02
 (crédito: Imagem ilustrativa/Pixabay)
(crédito: Imagem ilustrativa/Pixabay)

Na noite de domingo (21/11), uma mulher foi espancada pelo marido após flagrar ele e uma outra mulher se beijando em um restaurante, em Salvador (BA). As informações são do G1. 

A vítima, Ariele de Almeida Rocha, de 36 anos, relatou que levou socos no rosto, chutes na barriga, foi enforcada e teve a mão atingida por marteladas pelo marido, Jonatha de Amorim Souza, 36.

O advogado da mulher contou que Ariele estava jantando com Jonatha e com uma amiga dela. A amiga teria ido ao restaurante com o casal porque, segundo Jonatha, ela tinha acabado de terminar um relacionamento e precisava sair um pouco. Em determinando momento, Ariele precisou ir ao banheiro e quando retornou viu o marido e a suposta amiga se beijando. 

O relato da defesa diz ainda que, logo após o flagra, Jonatha e Ariele começaram a discutir e saíram do restaurante junto da mulher. Os três seguiram para o apartamento de Jonathan onde ele bateu em Ariele. 

Segundo o advogado de Ariele, o suspeito tem porte de arma e que possui uma em casa. Jonatha teria dito que não iria atirar na vítima, para que ela não morresse muito rápido. Ele também ameaçou furar os olhos dela.

As agressões só terminaram após vizinhos chamarem a Polícia Militar depois de escutar a discussão. Ao chegarem aos local, os policiais militares ameaçaram arrombar a porta, mas Jonatha os deixou entrar. Ariele relatou o espancamento e disse que só recobrou a consciência quando a polícia chegou ao local.

"Ele subiu na minha garganta e me enforcou, eu perdi a consciência. Eu ouvi, bem longe, alguém dizendo 'abre, abre a porta, vamos entrar aí'. Ele mesmo abriu a porta do apartamento. Foi aí que eu me levantei e saí correndo. E ele disse: ‘quero ser levado para a delegacia'", relatou a vítima.

Depois de fazer exames de corpo de delito, Ariele foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE). Ela passou por exames de raio-x, mas não foram encontradas nenhuma fratura nos ossos. A vítima ficou com vários hematomas, especialmente no rosto. 

Jonatha foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). Ele passou por audiência de custódia e teve a prisão convertida para preventiva, ainda no domingo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE