PERNAMBUCO

Surto de lesões na pele que causam coceira é investigado no Recife

A capital pernambucana divulgou novos dados na manhã desta quarta-feira, 134 notificações de lesões cutâneas a esclarecer

Luísa Mariana Moura*
postado em 24/11/2021 12:43 / atualizado em 24/11/2021 12:48
 (crédito: Reprodução da Internet - Bigstock)
(crédito: Reprodução da Internet - Bigstock)

 
A Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) está investigando o surto de pessoas com lesões na pele que provocam coceiras. Pessoas de 2 a 96 anos, sendo a faixa etária mais frequente a de crianças de até 9 anos, apresentaram lesões na pele, algumas parecidas com caroços e manchas, acompanhadas de irritação e coceira, além de outros sintomas como dor de garganta, diarreia e febre, embora em menor quantidade. Até esta quarta-feira (24/11), foram notificados ao menos 134 casos em cidades da Região Metropolitana do Recife, segundo as secretarias municipais de Saúde.

A Sesau emitiu, em 17 de novembro, um alerta epidemiológico sobre "surto de lesões cutâneas a esclarecer" que vem sendo observado no Recife.

Causa desconhecida

Sarna humana, alergia e doenças causadas por mosquito são algumas das possibilidades levantadas por especialistas. O infectologista Demetrius Montenegro, do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, acompanha as investigações dos casos como especialista e faz parte da comissão que atua junto à prefeitura do Recife.

"Não se tem ainda a causa. Alguns dermatologistas já viram as lesões e cada pessoa apresenta de uma forma diferente. Como você não tem um padrão na apresentação dessas lesões, fica mais difícil de você fechar uma causa para esse quadro", explicou o infectologista.

Apontou também que "é extremamente importante essa notificação para a vigilância epidemiológica para fazer toda a investigação e excluir, se for o caso".

* Estagiária sob supervisão de Roberto Fonseca

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE