SÃO PAULO

Polícia investiga ameaça de massacre em Colégio Mackenzie de São Paulo

Mensagem com a ameaça de massacre foi escrita na porta do banheiro do colégio Mackenzie de Alphaville, São Paulo. A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso

Correio Braziliense
postado em 05/08/2022 19:55 / atualizado em 05/08/2022 19:55
 (crédito: Reprodução/Twitter/@ubesoficial)
(crédito: Reprodução/Twitter/@ubesoficial)

Uma mensagem com ameaça de massacre foi escrita na porta de um banheiro do Colégio Mackenzie. O caso foi registrado nesta sexta-feira (05/8), no campus de Alphaville, em São Paulo. "Na próxima semana o massacre acontecerá. Estejam avisados", diz a ameaça, acompanhada de um desenho da suástica — símbolo adotado pelo Partido Nazista.

Em nota, o Mackenzie informou que acionou a Polícia Civil para investigar o caso. Além disso, a segurança interna do colégio foi reforçada. "O Instituto Presbiteriano Mackenzie recebeu, com profunda indignação e surpresa, ameaças com pichação na porta de um dos banheiros no Colégio Presbiteriano Mackenzie Tamboré, em Alphaville", diz o Instituto.

A União Brasileira dos Estudantes Secundarista repudiou o ocorrido. "Nazismo não é brincadeira! Não podemos negar a história, nem calar frente a esse absurdo", disse a entidade no Twitter.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que a "Polícia Civil de Barueri realiza diligências a fim de apurar o caso".

Confira a nota oficial do Mackenzie:

O Instituto Presbiteriano Mackenzie recebeu, com profunda indignação e surpresa, ameaças com pichação na porta de um dos banheiros no Colégio Presbiteriano Mackenzie Tamboré, em Alphaville.

Temos uma história com mais de 150 anos, pautada pelo respeito e por serviços prestados à sociedade brasileira, especialmente com a formação de milhares de profissionais.Por isso, não aceitamos esse tipo de violência. Reforçamos a segurança interna e já acionamos a polícia para investigar os autores.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE