Pandemia

Covid-19: GDF compra 100 mil testes para retorno de exame drive-thru

Serão 10 pontos de testagem no DF, definidos com base nos números epidemiológicos e demográficos de cada região. Compra custou R$ 5 milhões

Correio Braziliense
postado em 14/08/2020 11:55 / atualizado em 14/08/2020 11:55
Novos testes serão realizados em áreas de acordo com a situação epidemiológica  -  (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press - 27/4/20)
Novos testes serão realizados em áreas de acordo com a situação epidemiológica - (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press - 27/4/20)

O Governo do Distrito Federal (GDF) contratou uma empresa para realização de 100 mil testes rápidos de detecção do novo coronavírus. O processo foi publicado no Diário Oficial (DODF) desta sexta-feira (14/8) com uma dispensa de licitação, informando ainda que os exames vão ser realizados em dez postos de testagem. Assim, o retorno dos postos drive-thru deve acontecer nos próximos dias.

A Secretaria de Saúde escolheu a empresa KNC Medicina Diagnóstica para aquisição dos testes, que foram vendidos a um valor de R$ 52,90 a unidade, totalizando R$ 5.290.000,00. Ainda não há definição da data que eles vão ser disponibilizados para a população, nem os locais.

Porém, os pontos de testagem serão definidos, segundo a pasta, com base nos critérios epidemiológicos e demográficos. Ou seja, as regiões com mais casos confirmados e que enfrentam as maiores letalidades da covid-19 devem receber o drive-thru. Os últimos dez postos de testagem em massa ativos no DF tiveram as atividades suspensas em 26 de junho.

Foram dois meses de testes em esquema de drive-thru na capital, com a realização de mais de 214.776 exames, segundo a Secretaria de Saúde. Até então, os exames para detecção do vírus estão sendo realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação