Coroavírus

Covid: DF tem mais 1.453 casos e 18 mortes; Ceilândia supera os 17 mil casos

DF encerra o dia com 1.453 novos casos de covid-19 e 18 mortes em decorrência da doença

Correio Braziliense
postado em 16/08/2020 20:38 / atualizado em 16/08/2020 21:03
Das 18 mortes confirmadas neste domingo, 10 eram mulheres e oito homens -  (foto: AFP / Prakash SINGH)
Das 18 mortes confirmadas neste domingo, 10 eram mulheres e oito homens - (foto: AFP / Prakash SINGH)

O Distrito Federal encerra este domingo (16/8) com o registro de mais 1.453 casos de covid-19 e 18 novas mortes em decorrência da doença. Ao todo, a capital contabiliza 136.467 diagnósticos positivos desde o início da pandemia e 1.976 óbitos, sendo 169 deles de moradores de outros estados que estavam em tratamento na rede pública do DF.

Com os novos registros, Ceilândia ultrapassa os 17 mil contaminados pelo novo coronavírus. Ao todo, são 17.072. O Plano Piloto supera os 11 mil infectados, passando a registrar 11.046. No ranking de regiões administrativas com mais casos, aparecem em seguida Taguatinga, com 10.311; e Samambaia, com 8.541.

Com relação ao número de mortes, Ceilândia também lidera, com 378 registros e uma letalidade de 2,2%. Contudo, tanto Taguatinga quanto Samambaia superam os dados do Plano Piloto. Nas duas regiões foram registrados, respectivamente, 186 e 156 óbitos, enquanto a região central da capital do país contabiliza 133. A única RA que ainda não registrou morte em decorrência da covid-19 é o SIA.

Óbitos

Das 18 mortes confirmadas neste domingo, 10 eram mulheres e oito homens. Além disso, a maioria das vítimas tinha mais de 70 anos de idade. Apesar de contabilizados no boletim mais recente da Secretaria de Saúde do DF (SES/DF), os óbitos ocorreram entre 17 de julho e 16 de agosto.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação