Fraude

Polícia prende dois homens que se passavam por agentes bancários

Os dois homens, de 26 e 35 anos, participavam de uma associação criminosa e foram autuados por três crimes de estelionato e associação criminosa. Foram identificadas três vítimas dos golpes

Correio Braziliense
postado em 20/08/2020 15:03 / atualizado em 20/08/2020 15:03
Os homens convenciam as vítimas a entregarem cartões de crédito com os quais faziam compras e saques -  (foto: Divulgação/PCDF)
Os homens convenciam as vítimas a entregarem cartões de crédito com os quais faziam compras e saques - (foto: Divulgação/PCDF)

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (18/8) dois integrantes de um grupo que se passavam por funcionários de uma agência bancária para aplicar golpes nos clientes. Os homens, de 26 e 35 anos, foram autuados por três crimes de estelionato e associação criminosa.

Os agentes da 16ª DP (Planaltina) prenderam, em flagrante, os criminosos, um de Brasília e outro do Rio de Janeiro, logo após recolherem o cartão de crédito de uma vítima em Planaltina.

Para aplicar os golpes, os suspeitos alegavam às vítimas que compras fraudulentas foram feitas com os cartões delas e que, para estornar os valores, seria necessário entregar o cartão em um envelope lacrado para um suposto funcionário do banco e digitar a senha no telefone para bloquear o cartão clonado.

Quando os infratores recebiam os cartões, realizavam diversas compras e faziam saques. Segundo a PCDF, outras pessoas não identificadas, possivelmente de outras unidades federativas, participavam do golpe selecionando as vítimas e fazendo o contato telefônico.

Com os criminosos foram apreendidos um veículo VW/UP, sete máquinas de cartão de crédito, aproximadamente R$ 2,5 mil em espécie, documentos e três aparelhos celulares. O autuado do Rio de Janeiro tinha diversas passagens policiais, como extorsão, estelionato e porte de arma de fogo.

Após a prisão, foram identificadas mais duas vítimas do grupo criminoso que compareceram à delegacia e confirmaram os responsáveis pelo recolhimento do cartão. A Polícia Civil divulgou imagem dos autuados para possibilitar o reconhecimento dos criminosos por outras vítimas.

 

  • Imagens dos criminosos
    Imagens dos criminosos Divulgação/PCDF
  • Imagens dos criminosos
    Imagens dos criminosos Divulgação/PCDF

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação