Coronavírus

Resumo do dia: veja as notícias sobre o avanço da pandemia no DF

Samu faz aniversário com recorde de atendimentos, Saúde garante que mudança na divulgação dos dados qualifica informação fiscalização fecha comércio na Prainha

Correio Braziliense
postado em 24/08/2020 21:31
SAMU teve explosão de atendimentos durante a pandemia -  (foto: Divulgação/Samu)
SAMU teve explosão de atendimentos durante a pandemia - (foto: Divulgação/Samu)

Samu - O Samu completa 15 anos no DF com "boom" de atendimentos durante a pandemia.
Este ano, até a primeira quinzena de agosto, foram realizados 3.407 atendimentos dessa natureza, enquanto que em todo ano de 2019 foram 4.687.

Casos - Para a Secretaria de Saúde, a redução do platô de mortes no DF ainda é uma incógnita: não se sabe quando ela vai ocorrer. Em entrevista ao CB.Poder, Eduardo Hage, subsecretário de Vigilância à Saúde, disse que ainda não é possível saber quando haverá redução do platô. Ele também garante que alteração na maneira de divulgar dados de óbitos pela secretaria permite qualificar melhor a informação. Fundador do colégio Ideal, o professor Betão morreu vítima de covid-19. Familiares e amigos fizeram uma carreata pelas ruas de Águas Claras para se despedir do mestre. O DF fechou o dia com mais de 150 mil casos de infecção pelo coronavírus, dos quais mais de 130 mil estão recuperados.

Justiça - A Justiça condenou um plano de saúde que se negou a realizar teste de covid-19 em um cliente. O plano de saúde terá que pagar pelos danos morais e pelo valor do exame negado ao paciente.

Fiscalização -  Em ação para fiscalizar medidas sanitárias de combate à pandemia, o GDF fechou comércios na Prainha e na Ponte JK. O objetivo da operação foi reduzir e amenizar o processo de contaminação da covid-19, fiscalizando locais com aglomeração.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação