Lei Seca

Acidente perto de Pirenópolis mata pai, filha e deixa três feridos no feriado

Segundo a Polícia Rodoviária de Goiás, o condutor do outro veículo fugiu sem prestar socorro e, ao se apresentar, 10 horas após o acidente, admitiu ter bebido e dormido ao volante

Sarah Peres
postado em 06/09/2020 15:38 / atualizado em 06/09/2020 15:39
 (foto: PRF)
(foto: PRF)

A colisão entre dois veículos de passeio resultou na morte de duas pessoas e deixou outras três feridas, na BR-153, perto de Pirenópolis, município goiano distante cerca de 140 quilômetros do Distrito Federal. Todas as vítimas são da mesma família. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal de Goiás, no acidente morreram um homem, de 49 anos, e a filha dele, de 27. Outros três ocupantes do veículo, incluindo um neném de 1 ano ficaram feridos.

As vítimas estavam em um Fiat Siena branco, quando uma caminhonete teria invadido a pista contrária e batido de frente com o carro da família. Segundo a PRF, o condutor da caminhonete é um homem de 37 anos, que fugiu logo após o acidente, mas se apresentou, posteriormente, aos agentes em um posto da corporação, em Anápolis. Lá, ele teria admitido a ingestão de bebida alcoólica e que teria dormido na direção.  

Ao ser submetido ao teste do bafômetro, cerca de 10 horas após a batida, o resultado revelou a presença de 0,07 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. 

Feridos

Os outros três ocupantes, incluindo uma criança de 1 ano, sofreram lesões e foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Anápolis.

Conforme dados da PRF, o pai do neném e a criança tiveram ferimentos leves. A mulher foi socorrida com ferimentos graves. Os nomes dos envolvidos na batida não foram divulgados e, até a mais recente atualização desta matéria, não houve atualização do estado de saúde dos sobreviventes. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação