Tempo

DF registra dia mais quente do ano nesta sexta-feira

A umidade chegou a 10%. Apesar disso, a previsão de chuva para este fim de semana se mantém

Samara Schwingel
postado em 18/09/2020 17:38 / atualizado em 08/10/2020 17:15
Há 101 dias sem chuva, previsão é de calor e céu sem nuvens -  (crédito: ED ALVES/CB/D.A Press)
Há 101 dias sem chuva, previsão é de calor e céu sem nuvens - (crédito: ED ALVES/CB/D.A Press)

Esta sexta-feira (18/9) é o dia mais quente do ano até agora no Distrito Federal. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima registrada foi de 34,6ºC em Planaltina. Até o momento, o recorde era de 11 de setembro, quando os termômetros registraram 33ºC durante a tarde. 

A meteorologista Andrea Ramos diz que a umidade chegou a 10% na capital federal. Apesar do recorde, a previsão de chuva para este fim de semana está mantida. "A tendência é de que o calor permaneça durante o sábado e, pela noite, a nebulosidade comece a aparecer e com ela, a possibilidade de chuvas", diz Andrea. 

De acordo com o Inmet, o ano mais quente no DF foi o de 2017. À época, a capital federal registrou uma máxima de 37,7ºC, em outubro. 

  • Calor no DF
    Calor no DF Minervino Júnior/CB/DA.Press
  • Carolina: 'O calor está demais e se exercitar à tarde não é a melhor opção'
    Carolina: ’O calor está demais e se exercitar à tarde não é a melhor opção’ Ed Alves/CB/D.A Press
  • Com o calor e a baixa umidade, brasilienses aproveitam o Lago Paranoá
    Com o calor e a baixa umidade, brasilienses aproveitam o Lago Paranoá Carlos Vieira/CB/D.A Press

Estiagem

Além do calor, 2020 também está sendo um dos anos mais secos para os brasilienses. A estiagem já dura mais de 115 dias. O recorde foi registrado em 1963, quando a cidade ficou 164 dias sem chuvas. Caso as precipitações ocorram apenas na próxima segunda-feira (22/9), 2020 pode ocupar a 9ª colocação de ano mais seco. Confira a lista: 

  • 1º 1963 (164 dias)
  • 2º 1970 (135 dias)
  • 3º 1966 (131 dias)
  • 4º 2010 (130 dias)
  • 5º 2017 (127 dias)
  • 6º 1995 (126 dias)
  • 7º 2007 (125 dias)
  • 8º 2008 (123 dias)
  • 9º 1991 (117 dias)
  • 10º 2020 (116 dias)
  • 11º 2019 (113 dias)

Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)

Registre a primeira chuva

Há 116 dias sem chuvas, o brasiliense aguarda ansiosamente pelas primeiras precipitações. Participe deste momento tão esperado pelos brasilienses e registre a primeira chuva após mais de 100 dias de seca no DF. Poste a foto e marque com a hashtag #ChuvaNoDF. As melhores imagens serão repostadas nas redes sociais do Correio Braziliense! Venha, chuva!

Colaborou Ana Clara Avendaño, estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação