COVID-19

Ibaneis defende flexibilização de protocolos contra covid: "É o momento"

Decretos na noite de quinta-feira (9/10) autorizaram volta do trabalho presencial em órgãos públicos, e suspensão do limite de pessoas por mesa em bares e restaurantes

Mariana Machado
postado em 09/10/2020 15:35
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A. Press       )
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A. Press )

Questionado sobre as medidas mais recentes de flexibilização dos protocolos de segurança sanitária, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), se pronunciou: “Nós chegamos em um momento em que os números (de casos de covid-19) estão caindo, nós temos uma quantidade de leitos hospitalares que nos permitem com segurança fazer uma flexibilização, então nós temos que tomar atitudes”, afirmou.

Na noite de quinta-feira (8/10), ele assinou dois decretos relaxando as medidas adotadas de prevenção à transmissão do coronavírus no DF. O primeiro deles, suspende a restrição na quantidade de pessoas em mesas de bares e restaurantes.

Além disso, o horário de funcionamento do comércio de rua, em geral, volta a ser de acordo com o estabelecido no alvará de funcionamento. Shoppings poderão funcionar das 10h às 22h.

Em outro decreto, o governador autorizou o retorno do trabalho presencial em todos os órgãos e entidades da administração pública direta, indireta autárquica e fundacional do Executivo do DF, a partir desta sexta-feira (9/10). O teletrabalho, no entanto, continua para pessoas do grupo de risco.

Ambos já estão em vigor. “Tivemos coragem para fechar no momento certo e temos coragem para abrir também no momento que os nossos técnicos indicam que é o momento adequado”, declarou Ibaneis durante visita à feira de Ceilândia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação