PANDEMIA

Covid-19: DF registra 472 novos casos e sete mortes provocadas pela doença

Mortes ocorreram entre 19 de outubro e 4 de novembro. A maioria das vítimas tinham mais de 70 anos e eram mulheres. Total de óbitos chegou a 3.759, nesta segunda-feira (9/11)

Correio Braziliense
postado em 09/11/2020 19:16 / atualizado em 09/11/2020 19:20
Quantidade de recuperados, até o momento, é de 208.668 — 96,2% do total de contaminados -  (crédito: Gil Cohen-Magen/AFP)
Quantidade de recuperados, até o momento, é de 208.668 — 96,2% do total de contaminados - (crédito: Gil Cohen-Magen/AFP)

O Distrito Federal registrou, nas últimas 24 horas, 472 novos casos de covid-19, além de sete mortes provocadas pela doença. Com isso, o número de infectados chegou a 216.861, e o total de óbitos alcançou 3.759. A quantidade de recuperados, até o momento, é de 208.668 pacientes, que representam 96,2% do total de contaminados. Os dados constam no boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Distrito Federal, divulgado na noite desta segunda-feira (9/11).

As últimas quatro mortes notificadas ocorreram entre os dias 19 de outubro e 4 de novembro. Todas as vítimas apresentavam doenças cardiovasculares, além de outras comorbidades, como distúrbios metabólicos e obesidade. A maioria delas tinha mais de 70 anos (seis pessoas) e era do sexo feminino (quatro).

A região administrativa com maior número casos é Ceilândia, com 26.556 infectados. Em seguida, vêm Taguatinga, com 17.963 registros, e Plano Piloto (17.599). Em relação à idade das pessoas contaminadas, a maior incidência está entre as pessoas de 30 a 49 anos.

Por outro lado, a maior parte das vítimas da covid-19 tem 80 anos ou mais. A letalidade da doença no Distrito Federal está em 1,8%, e a taxa de mortalidade é de, em média, 113 pessoas para cada 100 mil habitantes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação