Lei Seca

Motorista bêbado invade lanchonete e tenta atropelar clientes em Águas Claras

De acordo com a Polícia Militar, o homem havia se envolvido em uma briga na lanchonete e tentou atropelar os clientes. Na fuga, ele arrancou em alta velocidade dirigiu na contramão. Bafômetro acusou índice duas vezes maior que o considerado crime

Correio Braziliense
postado em 19/11/2020 08:35
 (crédito: PMDF/Divulgação)
(crédito: PMDF/Divulgação)

Um homem foi preso após invadir uma lanchonete com o carro e tentar atropelar clientes em Águas Claras, no início da madrugada desta quinta-feira (19/11). Assim que a Polícia Militar chegou no local, ele tentou fugir, mas acabou detido no condomínio onde mora, também em Águas Claras. O suspeito passou pelo teste do bafômetro e foi constatado que ele havia ingerido bebida alcóolica

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) realizava um ponto de bloqueio na madrugada desta quinta-feira, na Quadra 30 de Águas Claras, quando ouviu gritos e um disparo de arma de fogo em uma lanchonete. 

Imediatamente, os policiais se deslocaram ao comércio e viram o motorista de um VW/Golf branco jogando o veículo dentro do estabelecimento e tentando atingir os clientes. O suspeito chegou a quebrar a vidraça da loja durante a ação. 

Quando os policiais se aproximaram, o condutor fugiu em alta velocidade, pulando quebra molas e entrando pela contramão na Avenida Castanheiras. A equipe conseguiu abordar o motorista quando ele se aproximou de um condomínio, abriu o portão com um controle remoto e arrancou para dentro do local.

Como estavam fora das viaturas, os policiais correram atrás do veículo conseguindo abordar e algemar o condutor. De acordo com a PM, ele estava muito agressivo. Em seguida, familiares do homem saíram da casa para verificar o que estava acontecendo e ajudaram a contê-lo.

Em contato com o estabelecimento, os policiais foram informados que o condutor tinha se envolvido em uma briga no local, e depois tentou atropelar as pessoas que estavam nas mesas do lado de fora, e dentro do restaurante, inclusive quebrando todo o vidro da frente do estabelecimento.

Após a abordagem, ele foi conduzido a 21ª Delegacia de Polícia (Taguatina Sul), onde foi feito o teste do etilômetro, dando o resultado de 0.67 mg/l, duas vezes mais do que é considerado crime. Ele foi preso em flagrante e autuado por crime de embriaguez, dano, direção perigosa e desobediência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE