Capacitação

Central das Favelas e Defensoria Pública abrem curso para líderes comunitários

Cufa Empreenda conta com encontros virtuais sobre cidadania, política e engajamento social, para formação de líderes comunitários e jovens das periferias do Distrito Federal

Alan Rios
postado em 25/11/2020 09:49 / atualizado em 25/11/2020 09:50

Dar instrumentos necessários para que a população das periferias possam buscar melhorias na qualidade da vida individual e coletiva. É essa a proposta principal de um evento promovido em parceria entre a Central Única das Favelas no Distrito Federal (Cufa-DF) e a Defensoria Pública do DF (DPDF). Os encontros são virtuais, em razão da pandemia, e começam na próxima terça-feira (1/12).

O Cufa Empreenda será feito por meio da plataforma Zoom, de forma gratuita, com atividades sempre das 19h às 20h30. Os eixos principais do evento são os temas cidadania, política e engajamento social. O curso é formativo e busca capacitar jovens de periferias por meio de diálogos com profissionais especialistas.

Entre os participantes, estão Evenin Ávila e Bianca Cobucci, defensores públicos do DF, Vitor Sampaio, servidor da Defensoria Pública, e Fábio Esteves, juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

“Com o objetivo de minimizar os impactos sociais negativos, nas favelas e quebradas do DF, causados pela chegada da covid-19, iniciamos uma parceria com a Defensoria Pública do DF e desde então já realizamos algumas atividades voltadas para as comunidades locais: a capacitação de líderes comunitários, a campanha Natal Escolar, que distribui kits escolares, e agora, sabendo da importância de uma capacitação no âmbito político, teremos uma série de encontros para discutir o tema no CUFA Empreenda”, destaca o presidente da Cufa-DF, Bruno Kesseler.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE