PRAÇA PORTUGAL

Ponto turístico ao lado da Embaixada de Portugal é revitalizado

O espaço foi entregue à população na quarta-feira (2/12). A praça recebeu nova iluminação, limpeza dos espelhos d’água e pintura em bancos e meios-fios. A revitalização é uma parceria de vários órgãos do GDF

Correio Braziliense
postado em 04/12/2020 19:33
 (crédito: Secretaria de Turismo)
(crédito: Secretaria de Turismo)

O Escritório de Assuntos Internacionais (EAI), em parceria com outros órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), revitalizaram a Praça Portugal. O local, localizado ao lado da Embaixada de Portugal, foi inaugurado oficialmente em 1972, projetado pelo arquiteto Raul Chorão Ramalho. Durante muitos anos, o espaço foi ponto de encontro para os brasilienses em espetáculos e feiras.

As obras foram iniciadas em março e a praça foi entregue à população nesta quarta-feira (2/12). Os espelhos d’água foram limpos e a houve a desobstrução do ralo para receber água nova. A iluminação convencional foi substituída por lâmpadas de LED para dar mais visibilidade a noite e economizar energia. Além disso, os bancos e meios-fios receberam nova pintura, o mato ao redor foi aparado e a estátua de bronze, que estava pichada, foi limpa.

A praça possui obras de dois artistas portugueses: o pintor José Manuel Espiga Pinto, que desenhou as calçadas em pedras portuguesas, e o escultor Salvador Barata Feyo, que fez a estátua de bronze em 1956, um presente de Portugal para Brasília, inaugurado na presença de Juscelino Kubitschek.

A estátua é do Infante Dom Henrique, primeiro duque de Viseu e primeiro senhor da Covilhã (cidade portuguesa pertencente ao distrito de Castelo Branco, na província da Beira Baixa). Dom Henrique foi uma figura importante para Portugal no início da era das descobertas, o que rendeu o apelido de “Infante de Sagres” ou “o Navegador”.

Participaram da revitalização a Novacap, o Serviço de Limpeza Urbano (SLU), a Companhia Elétrica de Brasília (CEB) e os internos da Secretaria de Administração Penitenciária do DF (Seape), contratados pela Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap-DF), a Secretaria de Estado de Governo, a Administração Regional do Plano Piloto e a Secretaria de Projetos Especiais. O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) instalou novas placas de identificação do local.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE