SEGURANÇA

PM reforça efetivo para o fim de ano, com 1 mil policiais a mais nas ruas

Operação Policiamento de Intensificação Natalina 2020 visa coibir crimes contra a pessoa e o patrimônio, especialmente devido à circulação maior em áreas comerciais

Correio Braziliense
postado em 14/12/2020 23:02 / atualizado em 14/12/2020 23:04
Operações começaram na última semana e contam com equipes de unidades como Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) e Patrulhamento Tático Motorizado (Patamo) -  (crédito: Sargento Wander PMDF/Divulgação)
Operações começaram na última semana e contam com equipes de unidades como Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) e Patrulhamento Tático Motorizado (Patamo) - (crédito: Sargento Wander PMDF/Divulgação)

O período de festas de fim de ano no Distrito Federal contará com reforço de, aproximadamente, 1 mil policiais militares por dia nas ruas. A corporação deu início à operação Policiamento de Intensificação Natalina 2020, e o efetivo extra atuará até 8 de janeiro. A medida visa coibir crimes contra a pessoa e o patrimônio, principalmente devido ao aumento da circulação de pessoas em áreas comerciais.

As operações, que começaram na última semana, contam com equipes de unidades como Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), Patrulhamento Tático Motorizado (Patamo), Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), além de grupos táticos motorizados, de policiamento aéreo e de trânsito.

A corporação informou que, até 11 de dezembro, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) fez 500 mil teleatendimentos, atendeu 300 mil ocorrências, confiscou 1,5 mil armas de fogo, recuperou 2,5 mil veículos, efetuou 12 mil prisões em flagrante e apreendeu quase 1 tonelada de maconha.

Além da PMDF, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) informou que, na quarta-feira (16/12), lançará a Operação Boas Festas. O objetivo é intensificar as fiscalizações em pontos com grande circulação de pessoas e de consumo de bebidas alcoólicas, para coibir irregularidades que gerem risco de acidentes. A previsão é de 348 ações até 3 de janeiro, em diversas regiões administrativas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE