ABASTECIMENTO

Entidades se manifestam sobre possível falta de combustível no DF

Duto que transporta gasolina para a capital federal apresentou problemas. Petrobras informou que situação está sendo regularizada

Luana Patriolino
postado em 23/12/2020 22:31

Após a notícia de que problemas na recomposição dos estoques por causa de dificuldades no duto da Transpetro, registrados nesta quarta-feira (23/12), podem causar dificuldades de abastecimento na capital do país e em Goiânia, entidades ligadas ao setor se manifestaram sobre o ocorrido, que provocou uma corrida de consumidores aos postos da capital.

Em nota, a Petrobras informou que os recentes problemas de operação do oleoduto aconteceram pelas "consecutivas derivações clandestinas e furtos de combustível e isso exigiu a interrupção de sua operação para reparo dos furos". Ainda de acordo com o pronunciamento, a oferta de gasolina em Brasília e Senador Canedo/Goiânia está sendo parcialmente restabelecida desde esta quarta.

O Instituto Combustível Legal (ICL) afirmou que as práticas de roubo de dutos ganharam proporções ainda maiores nos últimos 2 anos, causando danos financeiros e à concorrência. "O produto roubado acaba sendo destinado a empresários que vendem a preços artificiais, promovendo uma concorrência desleal e, desta forma, a destruição do mercado legal", disse Carlo Faccio, diretor-geral e porta-voz da entidade.

Esses roubos, também chamados de trepanação, ocorrem em locais próximos de comunidades, ou mesmo centros urbanos. "Usam imóveis vazios para construir túneis até a linha de produtos", ressalta Faccio.

Procurada, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) respondeu estar "atenta à situação, avaliando todos os cenários e tomará todas as medidas necessárias para garantir o abastecimento".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE