Pandemia

Covid-19: Em uma semana, cartórios registram alta de 26% nas mortes no DF

Segundo o Painel da Transparência dos cartórios no país, o Distrito Federal registrou 43 mortes confirmadas ou suspeitas pelo novo coronavírus nos últimos sete dias, entre o último

Pedro Marra
postado em 18/02/2021 14:35
Os dados são do Painel de Transparência dos cartórios no país -  (crédito: Ana Carneiro/Esp. CB/D.A Press)
Os dados são do Painel de Transparência dos cartórios no país - (crédito: Ana Carneiro/Esp. CB/D.A Press)

O Distrito Federal atingiu, nesta quinta-feira (18/2), alta de 26% no número de mortes pelo novo coronavírus em uma semana. É o que mostra o site da transparência de cartórios de registro civil do Brasil. Entre a última quinta-feira (11/2) de fevereiro e hoje, foram registradas 43 vidas perdidas pela doença, com a média móvel em 6,1.

De acordo com o painel dos cartórios, a quarta-feira (17/2) teve nove mortes notificadas, o maior número de registros de óbitos desde o último sábado (13/2), quando o DF teve 10 óbitos pelo novo coronavírus em um único dia. Na divisão de mortes por faixa etária, o painel mostra que as mais frequentes são entre os homens de 70 a 79 anos, que somam mais de 616 óbitos desde 16 de março de 2020 até hoje (18/2). As mulheres do mesmo grupo de idade são as que mais têm óbitos registrados no gênero: 434.

As únicas regiões do balanço que apresentam mortes mais recentes — notificadas na quarta-feira (17/2) — são Guará, Brasília e Brazlândia, com seis, duas e uma morte, respectivamente. Das cidades do Distrito Federal presentes no levantamento, apenas o Guará está em alta no número de óbitos. A cidade tem mais de 50 casos suspeitos ou confirmados de covid-19. A média móvel de mortes na região está em 2. A última vez que a média era mais alta na cidade foi no último sábado (13/2), quando a média móvel estava em 3. Naquele dia, foi calculado um óbito pela doença.

O levantamento mostra também a marca de 4.323 mortes suspeitas ou confirmadas por covid-19 no DF por registro em cartório. Com isso, o balanço dos cartórios traz 395 casos a menos do que os apresentados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Os dados são do Painel da Transparência dos Cartórios de Registro Civil do Brasil. O balanço mais recente da SES-DF, divulgado na noite de quarta-feira (17/2), contabiliza 4.718 mortes e 286.720 casos da doença.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE