CUIDADO

Defesa Civil aumenta abertura das comportas do Lago Paranoá e mantém alerta

Desde segunda (15/2), órgão pede que população esteja atenta e evite as margens abaixo da barragem. Por conta das chuvas, nível da água pode subir muito rápido

Correio Braziliense
postado em 18/02/2021 20:40 / atualizado em 19/02/2021 07:56
 (crédito: Divulgação - CEB)
(crédito: Divulgação - CEB)

A Defesa Civil do Distrito Federal emitiu mais uma vez alerta à população sobre a abertura das comportas da barragem do Lago Paranoá. Nesta quinta (18/2), o órgão abriu ainda mais a barreira de contenção devido às chuvas intensas.

O pedido à população é de evitar as margens do lago, já que o volume de água pode subir rapidamente. Desde segunda (15/2), a Defesa Civil vem emitindo alerta acerca da abertura das comportas da barragem do Paranoá por conta dos fortes temporais. Na terça-feira (16/2), as barreiras foram abertas em mais 15cm.

Abertura

Com as chuvas registradas nos últimos dias, o reservatório de águas do Lago Paranoá alcançou a cota de 1000,6 metros. A Companhia Energética de Brasília (CEB), com a finalidade de controlar o volume de água represado, adotou o procedimento de abertura de comportas da barragem, seguindo os protocolos de segurança.

No início da manhã desta quinta-feira (18/2), as comportas estavam abertas em 20cm, cada. Mesmo sem fortes precipitações na capital, em menos de três horas, o volume do lago subiu 3cm e a companhia resolveu fazer um aumento escalonado na vazão de águas da Barragem. Com isso, as três comportas, que estão abertas desde o início da semana, expandiram para 90cm (30cm cada comporta) no final da manhã e para 120cm (40cm cada comporta) no final do dia, com a finalidade de controlar o volume de água represado.

As operações foram precedidas de avaliações técnicas acerca do volume de água do Lago Paranoá e do Rio Paranoá, realizadas às 10h e às 16h. As decisões e procedimentos executados foram acompanhados pela Defesa Civil, que participou das inspeções na Usina em conjunto com os técnicos da CEB.

“Além das fortes chuvas, a cota do lago também é impactada pelos afluentes, Bananal, Riacho Fundo e pela água que está vertendo da Represa Santa Maria. Temos que estar sempre alguns passos adiante para que os níveis da Barragem permaneçam dentro de patamares confortáveis e em conformidade com as normas técnicas”, explica o Diretor-Geral da CEB Geração, Eduardo Roriz.

As mensagens sonoras continuam sendo emitidas para alertar a população ribeirinha sobre os riscos à jusante da barragem. A companhia pede para que a população respeite os avisos e evite circular às margens do Rio, o que inclui a prática de pesca e banho no local.

  • Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas
    Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas Divulgação - CEB
  • Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas
    Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas Divulgação - CEB
  • Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas
    Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas Divulgação - CEB
  • Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas
    Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas Divulgação - CEB
  • Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas
    Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas Divulgação - CEB
  • Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas
    Nível da Barragem do Lago Paranoá sobe e comportas são abertas Divulgação - CEB
  • Barragem do Lago Paranoá
    Barragem do Lago Paranoá Breno Fortes/CB/D.A Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE