INSEGURANÇA

Homem usa chave falsa para furtar pertences em carro e acaba preso

Crime ocorreu na Avenida Central de Sobradinho 2, na manhã desta segunda-feira (22/2). Suspeito teria usado uma ferramenta que simula uma chave para abrir o veículo

Darcianne Diogo
postado em 22/02/2021 22:40 / atualizado em 22/02/2021 23:42
Polícia encontrou na casa do suspeito um par de tênis e de botas, uma blusa, um fone de ouvido, além de uma bolsa -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Polícia encontrou na casa do suspeito um par de tênis e de botas, uma blusa, um fone de ouvido, além de uma bolsa - (crédito: PCDF/Divulgação)

Uma mulher de 29 anos teve os pertences furtados de dentro do carro dela, na Avenida Central de Sobradinho 2, na manhã desta segunda-feira (22/2). Cerca de seis horas depois, equipes da 35ª Delegacia de Polícia, na região administrativa, prenderam um homem de 44 anos suspeito de cometer o crime. Ele teria usado uma chave falsa para abrir a fechadura do veículo.

A vítima mora no Grande Colorado, em Sobradinho, e, na noite de domingo (21/2), dormiu na casa de uma amiga. Ela deixou o carro estacionado na via e, na manhã desta segunda-feira (22/2), o suspeito abriu a porta do automóvel e levou um par de tênis e de botas, uma blusa, um fone de ouvido, além de uma bolsa.

Minutos antes do crime, a amiga da vítima saiu de casa para levar o cachorro para passear e viu o suspeito próximo ao carro furtado. No dia seguinte, a testemunha percebeu que o carro estava aberto e, ao conversar com vizinhos, descobriu a identidade do autor.

Ao localizá-lo, a amiga da vítima exigiu que o suspeito devolvesse os pertences furtados, mas ele teria negado o crime e chegou a ameaçar a testemunha, segundo a polícia.

Prisão

A vítima e a colega registraram boletim de ocorrência na 35ª DP e reconheceram o homem por meio de fotografias. Os policiais procuraram o suspeito, localizando-o poucas horas depois. Aos investigadores, ele negou envolvimento no crime e concordou em levar os agentes até a casa dele, para fazerem buscas.

No imóvel, a polícia encontrou os bens da vítima e a ferramenta supostamente usada para abrir o carro em cima da cama. O suspeito chegou a culpar a própria filha pelo delito, mas não convenceu os policiais. O homem, que tem nove passagens criminais, acabou preso em flagrante por furto qualificado. A pena varia de dois a oito anos de prisão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE