Mudança

Construção histórica no DF, Casa Niemeyer será nome de estação do BRT

A estação fica localizada no Park Way e a iniciativa pretende despertar a curiosidade e divulgar a edificação histórica

Edis Henrique Peres
postado em 23/02/2021 17:34
 (crédito: Breno Fortes/CB/D.A Press - 10/12/15)
(crédito: Breno Fortes/CB/D.A Press - 10/12/15)

A estação do BRT do Park Way, na altura da quadra 26, receberá o nome de Estação Casa Niemeyer. A referência é ao edifício que foi morada do arquiteto e hoje é espaço de arte contemporânea gerido pela Casa da Cultura da América Latina (CAL) e vinculado ao Decanato de Extensão (DEX) da Universidade de Brasília (UnB).

De autoria do deputado Leandro Grass (Rede), o Projeto de Lei n° 6.792/2021 foi responsável pela mudança. De acordo com o distrital, “a intenção é dar importância à história de Brasília e facilitar o acesso ao local onde viveu uma figura tão relevante na construção da cidade”.

O local chegou a receber um prêmio da Revista Select, em janeiro deste ano, pela transposição de uma exposição para o formato virtual. Segundo o professor Alex Calheiros, diretor da CAL, a iniciativa teve um diferencial em relação a outras exposições virtuais. “Não se privilegiou a exibição, mas o aspecto crítico. E o papel formador cultural que a universidade deve assumir é esse”, declara. O professor também pontua que a Casa tem um grande potencial turístico justamente pela arquitetura e pelo fato de abrigar diversas exposições.

Projeto

A ideia de propor a mudança de nome da estação foi do próprio professor Alex. “A Casa tem ao seu redor um bairro gigante, outros núcleos habitacionais na vizinhança, além do aeroporto e, embora pareça deslocada, fica muito próxima ao Plano Piloto”. O diretor da Cal também ressalta que dar esse nome é fornecer publicidade e estimular as pessoas a explorar o local.

O objetivo é que a Casa chame a atenção para sua localização e torne-se um ponto relevante para a cidade. “Em muitas regiões, lugares como este são destino de indivíduos e grupos”, explica.

A Casa Niemeyer foi projetada pelo próprio arquiteto para ser sua residência na década de 1960. Em 2017 ela passou a ser associada à CAL, que possui um acervo de 2.700 itens. Em setembro de 2020, o local promoveu, em parceria com uma associação cultural portuguesa, a Transmetatlanticus, a primeira Residência Artística Internacional Oca, em versão on-line.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE